Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vitória santista deixa Corinthians a 5 pontos do Z-4

DA FOLHAPRESS | 13/10/2018 | 21:43

A noite foi de festa para o Santos. O Pacaembu recebeu bom público, mesmo debaixo de forte chuva, e empurrou o time para mais um triunfo no Campeonato Brasileiro – 1 a 0 sobre o rival Corinthians – que, de olho na decisão da Copa do Brasil, poupou vários titulares.
Gabriel não se importou com o foco do adversário, fez o gol da vitória e comemorou relembrando as pedaladas de Robinho na final do Brasileirão de 2002 – justamente contra o Timão.

Com o resultado, a equipe comandada por Cuca chega a três vitórias consecutivas no Brasileirão – todas por 1 a 0 – e a 42 pontos, mantendo a caça ao Atlético-MG e a uma vaga na fase classificatória da Copa Libertadores da América.
Já os corintianos param com 35 pontos, podendo cair para a 13ª colocação. São quatro rodadas sem vencer no Nacional, quatro partidas sem marcar gols na temporada e nenhuma vitória fora de casa sob o comando de Jair Ventura.

Jair tentou manter a estrutura corintiana do 4-2-4, mas desta vez com dois jogadores de mais presença de área no ataque – Emerson Sheik e Jonathas. E eles tiveram chances de abrir o placar logo no início do clássico. Primeiro, foi Sheik quem desceu pela direita, bateu cruzado e assustou Vanderlei. Depois, aos cinco minutos. Jonathas recebeu na área após bela jogada de Léo Santos, que estava improvisado na lateral, e furou o domínio.

Com Rodrygo na seleção brasileira sub-20 e Derlis González no banco, Cuca optou por usar Bruno Henrique e Arthur Gomes nas pontas. Além disso, deixou Carlos Sánchez e Diego Pituca livres para encostar nos lados do campo, formando triangulações com Victor Ferraz e Dodô. Essa foi uma forma de explorar a fragilidade das laterais corintianas com os garotos Léo Santos – improvisado e que foi bem no ataque – e Carlos Augusto.

Se havia dúvida sobre a entrada de Arthur Gomes, com González no banco, ela se desfez quando o camisa 23 fez linda jogada pela direita – nas costas de Carlos Augusto – e bateu para dentro da área. Gabriel aproveitou a sobra e fez 1 a 0.

O Santos continuou pressionando – mas perdeu diversas oportunidades. Nas melhores chances, o próprio Gabriel e Eduardo Sasha não conseguiram ampliar. O Corinthians também perdeu uma chance (com o zagueiro Marlon) e foi só. A chuva abençoou quem jogou mais disposto.

Vital e Victor Ferraz disputam lance na meia: Santos foi melhor, esteve sempre no ataque e podia ter ampliado - Marcello Fim/Ofotográfico/Folhapress

Vital e Victor Ferraz disputam lance na meia: Santos foi melhor, esteve sempre no ataque e podia ter ampliado – Marcello Fim/Ofotográfico/Folhapress

 

 

 

 

 

 


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/esportes/vitoria-santista-deixa-corinthians-a-5-pontos-do-z-4/
Desenvolvido por CIJUN