Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Zulu, o zagueiro que virou volante e é o “cão de guarda” do Paulista na quarta divisão

PAULO BEHR FERRO E GUSTAVO AMORIM | 28/07/2018 | 01:30

Quem chega ao estádio Dr. Jayme Cintra e pergunta pelo jogador Wheudson Silva dos Santos provavelmente não conseguirá conversar com o atleta. Mas aí é só falar de Zulu que tudo se acerta. O jogador de 20 anos, natural de Feira de Santana-BA, é zagueiro de origem. Há dois anos, chegou ao Taboão da Serra, equipe da Grande São Paulo. Em 2017, veio para o Galo. O jovem talento do Tricolor disse que sempre foi querido por todos nos clubes em que passou e justificou o apelido. “O pessoal perguntava meu nome e eu dizia, mas muitos não sabiam pronunciar. Aí tentaram achar um apelido para mim. No começo era ‘Azulão’, depois, com passar do tempo, ficou só Zulu mesmo”, brincou. Zulu se diz tranquilo com referência a apelidos, com a condição de que eles não sejam com má intenção.

O fato do atleta ter mudado de posição em 2018 não teve a ver diretamente com o técnico do Galo, Sérgio Caetano. “Já fui volante antes. Sempre me dediquei nos treinamentos e o ‘professor’ confiou em mim. Resolveu me dar a oportunidade de atuar contra Flamengo de Guarulhos à frente da área”. Deu certo, muito certo. Zulu ganhou a confiança de Caetano e virou o “cão de guarda” do Paulista, que no domingo (29) encara a Itapirense, às 10h, no estádio Dr. Jayme Cintra, pela terceira rodada da 2ª fase do Estadual da Quarta Divisão. A Rádio Difusora (810 AM) transmite a partida.

Pelo acesso
“Fico feliz por ver que meu trabalho está sendo reconhecido. Entrei bem na equipe e tenho essa ‘vantagem’ de atuar em duas posições. Quero ajudar o Galo a buscar o acesso”, finalizou o jogador.

Foto: Rui Carlos/Jornal de Jundiaí

Foto: Rui Carlos/Jornal de Jundiaí


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/esportes/zulu-o-zagueiro-que-virou-volante-e-e-o-cao-de-guarda-do-paulista-na-quarta-divisao/
Desenvolvido por CIJUN