Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Encontro Mistral 2014

| 08/05/2014 | 15:13

Nos dias 5, 6 e 7 da última  semana, em São Paulo, e dia 8 no Rio de Janeiro, ocorreu um dos mais importantes encontros de produtores de vinhos do mundo, o Encontro Mistral, que consegue reunir, a cada dois anos, em um único evento, grandes celebridades do cenário mundial do vinho. Trata-se de uma reunião incomparável, num ambiente em perfeitas condições de degustação e que nos dá a oportunidade de apreciarmos o vinho rodeado pelos mais renomados produtores do mundo.

Já imaginou degustar e discutir vinhos com Nicolas Catena? Isso mesmo! Ele estava lá!  Indiscutivelmente o melhor e mais reverenciado produtor da Argentina na opinião unânime de toda a imprensa especializada internacional. Para a Wine Spectator, trata-se do “líder inquestionável de qualidade na Argentina” e, para Robert Parker, “Catena representa o máximo em vinhos da América do Sul”. Eu diria que ele é o Messi do vinho!

Já pensou em trocar ideias e ser servido por Luis Pato? Um dos maiores nomes do vinho português, Luis Pato é o “revolucionário da Bairrada”. O genial enólogo que domou a uva Baga e conseguiu produzir vinhos de classe internacional. Hoje, nas mãos de Luis Pato, a uva Baga ficou elegante, complexa e gastronômica. Ele é considerado o melhor produtor português por Robert Parker e o crítico João Paulo Martins o coloca no topo dos produtores de seu país. Além do que o cara é uma simpatia em pessoa e estava lá, batendo papo e servindo seus vinhos.

Poucos passos e me deparo com Maria Paz Garcês Silva, produtora dos vinhos Amayna. Um amor de pessoa! Trata-se de uma nova, excelente e minúscula vinícola boutique, localizada em uma das mais frias regiões do Chile, o Vale de San Antonio Leyda. Esta vinícola chilena tem causado furor e vem recebendo muitos elogios da imprensa especializada em países como o Reino Unido, onde a revista inglesa Decanter apontou Amayna como “a mais excitante vinícola do Chile”.  E é isso mesmo, seus vinhos são fantásticos! Seus Sauvignon Blanc e Pinot Noir sempre foram famosos, mas agora Maria Garcês está lançando um Syrah que é de tirar o fôlego!
Além deles, vale citarmos outros nomes dignos de destaque que também participaram do evento.

VEGA SICÍLIA (Espanha) –  Produtor dos lendários vinhos Veja Sicilia Único, Alión e Pintia – uma combinação perfeita entre o melhor da Espanha e o melhor do Novo Mundo, são vinhos poderosos, encorpados, mas com classe e elegância e que dispensam qualquer apresentação. Todos apresentados pela simpatia da Yolanda Pérez.
CASTELLO DI AMA (Itália) – Um dos maiores clássicos da Toscana. Produtor que merece a cotação máxima de Parker, bem como do Gambero Rosso, por seus 24 tre bicchieri.
ERNESTO CATENA, filho do Nicolás Catena, é um artista talentoso que, fazendo jus à nobre estirpe de sua família na produção de brancos e tintos finos argentinos, segue um caminho próprio e muito criativo. Seus inovadores e estilosos vinhos da Tikal são maravilhosos e de minúscula produção, literalmente cultuados pelos apreciadores de vinhos do Novo Mundo. O seu vinho considerado top de linha, o Loucura, é um vinho, sei lá… uma loucura! E o cara realmente é um artista! Muito bom!
PAUL HOBBS, para quem acompanha de perto o mundo do vinho, o nome Paul Hobbs já diz tudo! Enólogo que traz em seu currículo performances invejáveis, como a mítica nota 100 de Robert Parker e cadeira cativa na lista dos melhores vinhos do mundo na Wine Spectator. Provei Pinots e Cabernets apaixonantes!

Ainda bailaram sobre o salão nomes como BOLLINGER, DAUMAS GASSAC, NIEPOORT, VALE MEÃO, KANONKOP, FAIVELEY, BIONDI SANTI, NIEPOORT, QUINTA DO CARMO, CARMEM, LAPOSTOLLE, VIÑA MONTES, VIE DI ROMANS, PISANO, MAIS, entre outros. Uma pena que meu céu é muito pequeno para encaixar tantas estrelas! Mas não faltará oportunidade para falar um pouco mais sobre eles. No geral é isso. Quem foi, foi! Quem não foi, até 2016. Saúde!


Link original: https://www.jj.com.br/estilo/encontro-mistral-2014/
Desenvolvido por CIJUN