Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Momentos únicos

| 29/06/2014 | 00:00

A jornalista Solange Spigliatti, 51 anos, nunca viajou sozinha. O marido, Marcos Spigliatti, 50 anos, tem sido seu companheiro de aventuras há 30 anos. “Tive algumas experiências inesquecíveis na estrada. A minha primeira viagem fora de São Paulo, onde moro, aconteceu logo que me casei. Meu marido e eu resolvemos ir para a Bahia de carro, pelo litoral brasileiro.”

“Há 30 anos, a rede hoteleira não era tão boa como agora e para economizar e conseguir ir mais além da Bahia fomos acampando em lugares extremamente bizarros, como dentro de um zoológico em uma cidadezinha do interior, cujo nome não lembro mais. Não consegui dormir, pois o rugido do leão me deixava apreensiva”, conta, rindo.

No fim, de tanto economizar, conseguiram chegar até Fortaleza. “Foi uma viagem maravilhosa. além de conhecer boa parte do litoral do país voltei grávida”, revela. “Aliás, minha segunda viagem inesquecível foi quando minha filha tinha 6 ou 7 anos. Na época o Real se equiparou ao Dólar e conseguimos ir à Disney. Ver os olhinhos da minha filha brincando no parque que é um sonho e querendo todas as bonecas diferentes que tem lá foi muito divertido.”

Ao longo dos anos o casal conheceu 16 países. “Desde que inventaram o e-mail fiquei fissurada em conhecer as praias do Tahiti, porque recebia fotos lindas. Fomos para lá para comemorar 25 anos de casamento e o lugar é mesmo lindo. Bem marcante.” E novos destinos estão programados. “Gosto muito de praia e pretendo conhecer as Maldivas ou Ilhas Seychelles ou Ilhas Maurício. Também ainda não fui nenhuma vez para o Caribe e quero ir.”

Solange acredita que todas as pessoas devam viajar pelo menos uma vez na vida. “Para o exterior, para um estado brasileiro ou até mesmo para a cidade vizinha. A viagem enriquece o ser humano.”


Link original: https://www.jj.com.br/estilo/momentos-unicos/
Desenvolvido por CIJUN