Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vaidade masculina não é só coisa de metrossexual

| 14/05/2014 | 16:04

O creme de barbear e o desodorante já não reinam absolutos na prateleira masculina dentro de casa. Cada vez mais, o homem se preocupa com a sua beleza e bem-estar, mas de uma forma diferente da mulher, ou seja, com menos imposição social e com mais prazer em pensar na própria aparência.

Um estudo realizado pela empresa Euromonitor aponta que o mercado nacional de produtos masculinos cresceu 18,3% nos últimos cinco anos, fazendo o Brasil ocupar a segunda posição no ranking mundial de vendas de cosméticos masculinos, atrás apenas dos Estados Unidos. Os dados também informam que o homem começa a se preocupar com a aparência de acordo com a fase de sua vida.

No caso do homem adulto, atuante em seu meio profissional, a higiene pessoal masculina está relacionada a crescimento e sucesso em diversas áreas, além de saúde. Quem afirma isso é Eduardo Albuquerque, gerente de marketing da Natura. “A partir da década de 1990, o homem começou a aceitar que não é preciso deixar a masculinidade de lado para se cuidar. Ele evoluiu no papel dentro da família.”


Link original: https://www.jj.com.br/estilo/vaidade-masculina-nao-e-so-coisa-de-metrossexual/
Desenvolvido por CIJUN