Hype

Retorno fashionista do crocs


Divulgação
Em 2020, o calçado ficou entre os 10 itens mais procurados ao redor do mundo
Crédito: Divulgação

Se existe uma máxima que é 100% verdadeira na moda é a famosa frase “Nunca diga nunca”. As tendências são cíclicas e muitas vezes o que já foi considerado polêmico em uma época, volta de forma repaginada - e bombada - para outra. A mais recente prova disso é o Crocs (sim, ele mesmo), que vem ganhando o status de peça descolada e tem tomado conta dos pés dos fashionistas nos últimos tempos.

Em 2020, o calçado ficou entre os 10 itens mais procurados ao redor do mundo, segundo relatório da plataforma de buscas Lyst, e bateu recorde de vendas com um crescimento de 12% nelas, mais do que o dobro do que era estimado pela marca. Essa popularidade está muito associada à pandemia do coronavírus e ao desejo por roupas e acessórios mais confortáveis para passar os dias de quarentena em casa, mas esse não foi o único motivo que fez o modelo voltar à cena fashion. Há alguns anos, o calçado vem chamando a atenção de estilistas que o imaginaram novamente em versões criativas e luxuosas, além de ter caído nas graças de várias celebridades estilosas com um alto poder de influência.

Lançado em 2004, o Crocs teve um boom de popularidade até o meio da década - ele marcou o período e, não à toa, o “kit básico” da estética Tumblr (também conhecida atualmente como estética VSCO girl), que usa essa época como referência de moda, tem o calçado como item que era essencial para as garotas descoladas daquele tempo. Mas depois do ápice, veio o declínio e o Crocs se tornou o representante máximo do que era considerado fora de moda. A polarização em torno da calçado era tanta que ele chegou até a ganhar páginas que pregavam o seu fim na internet, como o blog (tão anos 2000, né?) I Hate Crocs dot com, que está ativo até os dias de hoje.

Depois de conquistar as passarelas, foi a vez dos famosos se renderem ao item funcional. Justin Bieber não só é fã do sapato (ele já foi flagrado várias vezes por paparazzis com um par nos pés), como fez uma parceria com a marca em 2020 e 2021 lançando versões repaginados da clássica silhueta para a sua Drew House. Post Malone também colabora com a grife há tempos e já assinou cinco coleções especiais do acessório. No ano passado, o calçado ainda ganhou uma collab com o cantor latino Bad Bunny e uma interpretação inspirada na famosa rede de fast-food KFC, que vinha até com um pin de frango frito em tamanho real acoplado. Se isso não é estar bombado, não sabemos o que é…

Independente de gostar ou não do calçado, a sua recente popularização nos mostra algumas coisas importantes, como o poder que a busca pelo conforto terá na hora de escolhermos como vamos nos vestir (tendência que foi acelerada pela pandemia e que aparentemente veio para ficar) e que ressignificar o que era considerado "brega" vai ser a bola da vez na moda. Afinal, quem dita o que é legal ou não e, mais do que isso, o que esse julgamento importa quando nos sentimos bem e gostamos de uma peça?

 


Notícias relevantes: