Hype

Miss Brasil usa joias esculpidas à mão por artista brasileira


Divulgação
Miss Brasil usa joias esculpidas à mão por artista brasileira
Crédito: Divulgação

A miss Brasil Julia Gama, que ficou em segundo lugar no Miss Universo, tem valorizado as marcas nacionais. Isso não só nas roupas, mas também nos acessórios. Em vários looks que apresentou durante o concurso, a gaúcha apostou em joias da design brasileira Beatriz Brennheisen, de 33 anos, que se formou em artes plásticas em Berlim e, há cerca de 6 anos, voltou à sua paixão: a joalheria.

Algumas das peças escolhidas por Julia Gama, que tem como estilista Diego Tofolo, fazem parte da coleção de joias recicladas, da coleção Casulo, lançada em 2020, em que Beatriz reaproveita peças de outras joias em desuso para criar novos objetos.

A designer conta que gosta de esculpir as peças conferindo um impacto visual a elas, como o ear cuff Asa Barbatana, que faz parte de uma escultura chamada Deusa do Mar, em tamanho grande. Alguns detalhes da obra foram transformados em joias em tamanhos menores.

Julia Gama usou a joia de prata banhada a ouro, que sai por R$ 1,3 mil, ao lado de outras, como o anel casulo Butterfly (R$ 890) e colar da coleção Artsy (R$ 1,3 mil). A artista revelou que às vezes passa 16 horas esculpindo uma peça. "Parto de um molde, que eu mesma faço, mas cada peça é diferente, mudo de acordo com o que a cliente pede".

Algumas criações demoram seis meses ou mais para ficarem prontas. "Faço um pouco, guardo, depois de um tempo, volto a mexer na peça", afirmou Beatriz, que só não esculpe as argolas. "A menos que eu queira uma argola de formato diferenciado. Todo o resto passa pelas minhas mãos".


Notícias relevantes: