Hype

Quatro perfis nas redes sociais para quem gosta de moda


Divulgação
Quatro perfis nas redes sociais para quem gosta de moda
Crédito: Divulgação

As redes sociais inundam nossos cotidianos com conteúdos variados a todo momento. No entanto, filtrando as contas certas nas quais você decide apertar em “seguir”, é possível encontrar conteúdos instigantes sobre qualquer assunto do seu interesse. Entre eles, a moda. Confira quatro perfis do Instagram que abordam a indústria fashion de diferentes formas.

Não é Moda

O @naoemoda marca presença no Instagram pela abordagem politizada sobre a moda, no formato de Reels ou texto. Muitas vezes acompanhadas de perguntas, as postagens analisam questões como o impacto das coleções de fast fashion feitas em 24 horas, além de assuntos mais quentes, como a presença da moda nas Olimpíadas. Dessa forma, convida os seguidores ao diálogo.

Formado em publicidade, Gabriel Coutinho fundou a página em julho de 2020 para ocupar a lacuna de pautas sociais, ambientais e políticas que enxergava no mercado da moda. Também à frente do projeto, a estudante de design de moda Lella Parma passou a colaborar pouco tempo depois. O cuidado na criação de conteúdo e a honestidade com o público são pilares importantes para a dupla, constantemente procurada pelos seguidores para comentar determinados assuntos.

Breguissimxs

No início deste ano, uma série de montagens mostrando personagens da série A Grande Família como estrelas de campanhas de marcas de luxo rodou o Instagram. O crédito do meme fashion é do trio Lucas Amorim (designer gráfico), Luiz Machado (estudante de direito) e Vinicius Gonzaga (estudante de moda). Eles são os criadores da página @breguissimxs, que reúne humor, curiosidades e indicações variadas sobre moda e entretenimento.

Além do meme inspirado no seriado da Rede Globo, entre vários outros posts bem-humorados, a página fez paródias de fotos de lendas da música popular brasileira como se fossem campanhas de moda. Pense em um clique de Caetano Veloso de sunga como se fosse uma foto veranil para a Jacquemus. Em outro formato, a página relembra fatos importantes sobre ícones da moda mundial, a exemplo de Karl Lagerfeld, Marc Jacobs e Diane Von Furstenberg.

Não Tenho Roupa

A @nao.tenhoroupa é um serviço de aluguel de roupas e acessórios casuais criada pelos amigos Paula Salum, Victória Scherer e Mario Cherubini. No Instagram, a marca chama a atenção com posts bem-humorados que esbanjam referências icônicas da cultura pop, postagens sobre “opiniões impopulares”, dicas para combinar peças em alta e, é claro, destrincham as vantagens de alugar roupas. Um dos diferenciais do conteúdo é a valorização de corpos diversificados.

Com um simples passeio no feed da página, é possível mergulhar em reflexões mais sérias sobre referenciais de beleza e apropriação cultural. A thread “Estilosa ou apenas magra?” teve uma das maiores repercussões da página, promovendo uma reflexão sobre as peças de roupa para além da modelo que a está vestindo.

Os posts descontraídos não ficam de lado, como a série Universidade do Pop. Os assuntos vão desde as possíveis referências nas músicas da cantora Olivia Rodrigo ao revival do casal J.Lo e Ben Affleck.

Trameiras

O @trameiras foi fundado por Amanda Saverino, Erika Gottsfritz e Nathalia Scerban, com página no Instagram, site e podcast. A grande missão do projeto, que estreou em novembro de 2019 (e o podcast, em fevereiro de 2020) e tem apoio de um grupo de colaboradores, é ressignificar o jornalismo de moda para além de discursos vazios, com objetivo de educar e contribuir para uma consciência socioambiental dentro e fora da indústria.

As postagens passeiam por assuntos variados, como dicas sobre o universo acadêmico da moda, um dos motivos que levaram à criação da iniciativa, além do desejo de “desfutilizar” a moda. “Hoje, vemos o Trameiras como uma plataforma e uma comunidade. Um lugar crítico e que tem como objetivo fazer as pessoas refletirem efetivamente sobre isso que chamamos de moda, para além do que os veículos tradicionais de comunicação pregam”, conta Erika.



Notícias relevantes: