Hype

Reykjavik, a capital da inusitada Islândia


DIVULGAÇÃO
TURISMO
Crédito: DIVULGAÇÃO

A melhor época para se visitar a cidade é no inverno, onde você pode ser surpreendido no meio da cidade pelas Northern Lights - aurora boreal - dançando bem sob sua cabeça.
O mais divertido a fazer na cidade é justamente comprar um tour para assistir ao espetáculo. Você tem duas noites de chance incluídas no ingresso, afinal, Northern Lights é um fenômeno natural e você precisa ter um pouco de “sorte” para assistir.
O passeio é uma verdadeira caçada noturna às luzes, com rádios comunicadores entre vários points avisando onde o fenômeno acontece. Sobe no ônibus, anda, desce, se moveu, sobe, anda, muda de direção…é uma ansiedade enorme. Eu consegui assistir na primeira noite após duas horas de percurso…vale a pena, é algo mágico.
Reykjavík é uma cidade ultramoderna e cosmopolita que mantém um aspecto de vila antiga. É vibrante e muito sofisticada e cara, e repleta de história. A catedral é o ápice da cidade, um monumento moderno que mal parece uma igreja.
A cidade é muito viva com cafés, teatro, galerias, piscinas aquecidas abertas a turistas e uma noite repleta de bares.
Acredite que uma comida típica da região é o cachorro quente (pylsur) contrastando com tubarão, não tão apreciado, mas parte da cultura da islândia. Experimente também o Skyr, uma mistura de iogurte com queijo cottage.
A partir da cidade você pode organizar roteiros de um dia para apreciar paisagens deslumbrantes como os glaciers, vulcões ativos, geisers e cavernas de gelo, passando pelo parque nacional Thingvellir e seu patrimônio preservado pela Unesco.
Você também vai caminhar pelas piscinas geotérmicas de Geysir.
Uma visita imperdível é a Lagoa Azul, a 45 minutos de Reykjavík, perto do aeroporto, um passeio de despedida que vale a pena. É um spa rejuvenescedor totalmente natural, num campo de lava, com água do mar aquecida a 39 graus, rica em sílica e outros compostos minerais que todos acreditam ter efeitos anti-idade e medicinais. Você pode comprar massagem com a lava e outros compostos, mas lembre-se de proteger os cabelos com toca, pois a água embaraça os fios como você nunca viu… E o melhor: você pode beber seu drink dentro da lagoa.

 


Notícias relevantes: