Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Manifestantes tentam invadir Parlamento de Hong Kong durante protesto

FOLHAPRESS | 01/07/2019 | 08:55

Manifestantes contrários ao governo de Hong Kong tentaram invadir nesta segunda-feira (1º) o Parlamento local, em um novo capítulo da crise política que atinge o território.

A polícia respondeu à ação com bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta.

A tentativa de invasão aconteceu durante ato que marcava o 22º aniversário da devolução de Hong Kong à China -ele antes pertencia ao Reino Unido.

Segundo o acordo de devolução, Pequim se comprometeu a respeitar a democracia no território, que possui um sistema legal próprio e certa autonomia política -um arranjo conhecido como “um país, dois sistemas”.

Nos últimos anos, porém, a ditadura do Partido Comunista vem tentando aumentar seu poder sobre o território, levando a oposição pró-democracia a organizar grandes manifestações.

A situação piorou no início de junho, quando o governo de Hong Kong -apoiado por Pequim- apresentou um projeto de lei de extradição que, segundo seus críticos, abriria a possibilidade de suspeitos serem enviados à China continental para serem julgados.

Protestos convocados por ativistas pró-democracia contra a nova lei reuniram milhares de pessoas e acabaram obrigando o governo suspender temporariamente o projeto.

As manifestações, porém, continuaram e passaram a mirar a chefe de governo, Carrie Lam, considerada uma aliada da China.

É o caso do ato desta segunda, que segundo a agência Reuters reuniu milhares de pessoas nas ruas do território. Jovens encapuzados ocuparam e bloquearam as três principais avenidas de Hong Kong com grades de metal. Policiais, equipados com cassetetes e escudos, se posicionaram diante dos manifestantes. Os agentes usaram gás lacrimogêneo e os ativistas responderam com o lançamento de ovo.

Pouco depois, um grupo de manifestantes usou essas grades para tentar quebrar o vidro do prédio do Parlamento. Barras de ferro, carrinhos de mãe e guarda-chuvas (um símbolo do movimento pró-democracia no território) também foram usados.
Segundo o jornal britânico The Guardian, alguns ativistas tentaram impedir a ação dos colegas. A polícia mobilizou uma unidade anti-distúrbios dentro do edifício e algumas pessoas chegaram a entrar no Parlamento, mas ainda não há detalhes do que aconteceu lá dentro.

Manifestantes tentam invadir prédio do Parlamento em Hong Kong nesta segunda-feira (1º) — Foto: reprodução


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/internacional/manifestantes-tentam-invadir-parlamento-de-hong-kong-durante-protesto/
Desenvolvido por CIJUN