Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Com receio da dengue, moradores do Maria de Fátima pedem atenção

| 10/06/2014 | 00:06

Entre ladeiras e vielas, típicas do Jardim Maria de Fátima e dos bairros vizinhos Jardim Continente, vilas Marajó e Tupi, em Várzea Paulista, são comuns os terrenos abandonados. Sejam públicos ou privados, eles incomodam moradores que pedem a limpeza dos espaços. Com mato alto e repleto de entulhos, os terrenos arriscam a sorte de uma cidade com casos de dengue já comprovados neste ano. Só no Jardim Promeca e na Vila Popular, como noticiou o JJ nos Bairros e regiões não tão distantes do Maria de Fátima, os contaminados com a doença são muitos.

A maioria das reclamações de moradores do Maria de Fátima cai sobre a rua Fiorindo Pastre que tem um terreno grande repleto de entulhos. Segundo moradores, parte do terreno é de responsabilidade da prefeitura e outra parte é propriedade da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL).


Link original: https://www.jj.com.br/jj-nos-bairros/com-receio-da-dengue-moradores-do-maria-de-fatima-pedem-atencao/
Desenvolvido por CIJUN