Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Falta de remédios de alto custo e médicos incomoda população

| 14/07/2014 | 00:00

Pelo menos 10 mil pessoas vivem na região do Santa Lúcia, Jardim  Vitória e Guanciale e se utilizam da UBS Vera Regina, localizada na rua Ramiro Cardoso, no bairro Vera Regina, para conseguir atendimento. Moradores analisam que é muita gente para poucos médicos e que a região merece uma outra unidade. Uma iniciativa, porém, que é descartada pela  Secretária de Saúde de Campo Limpo Paulista, cuja primeira ação será abrir concurso público para a contratação de mais médicos.

Atualmente são oito unidades de saúde distribuídas pelo município, além do ambulatório central, com clínicos, pediatras, ginecologistas e especialistas em diversas áreas. Mesmo com essa estrutura, os moradores dizem não que não é suficiente. Nas urnas depositadas no bairro pelo programa JJ nos Bairros, o morador do Santa Lúcia, Ronaldo de Oliveira Vieira, reforça que é preciso mais médicos e funcionários no posto de saúde, já que há demora no atendimento.

A mesma reclamação é compartilhada por Paulo Nogueira, que também reforça o tempo de espera pelas consultas. Em nota, a prefeitura comenta que cada UBS conta com um médico cubano generalista, mas rebate as queixas dos moradores, acrescentando que “muitas vezes os pacientes têm preferência por algum profissional, sobrecarregando a agenda do outro.”


Link original: https://www.jj.com.br/jj-nos-bairros/falta-de-remedios-de-alto-custo-e-medicos-incomoda-populacao/
Desenvolvido por CIJUN