Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

JJ nos Bairros busca solução para problemas de Jundiaí e Região

| 15/05/2014 | 11:51

Cerca de 500 reportagens veiculadas e mais de 600 fotos mostrando a realidade de vida da população jundiaiense em todos os cantos da cidade, literalmente, num período de dez meses. Os números do programa JJ nos Bairros – com matérias publicadas semanalmente às terças-feiras – retratam sua expressividade para o município e apontam as melhorias a serem feitas nas mais diversas áreas.

Em Jundiaí, o resultado foi bastante positivo. E a expectativa é a mesma para todas as outras seis cidades do Aglomerado Urbano – Várzea Paulista, Campo Limpo, Itupeva, Cabreúva, Louveira e Jarinu -, já que a proposta do JJ Regional se estende para chegar mais perto dos moradores da Região.

O desejo da população por um canal de comunicação com o poder público fica claro frente às mais de 2,4 mil sugestões e reclamações enviadas ao JJ por meio de urnas distribuídas pelos bairros, nos dias em que a reportagem os visita.

Do outro lado, o próprio prefeito Pedro Bigardi (PCdoB) admite ter no computador do seu gabinete, no Paço, um ícone com todas as matérias veiculadas pelo programa JJ nos Bairros. “Acaba sendo um termômetro para nossas ações, gosto de acompanhar bem de perto. É como uma pesquisa qualitativa que nos ajuda a avaliar o que precisa ser feito, com mais urgência, em cada região”, afirma o prefeito.

NA PRÁTICA
Bairros, como Rio Acima, Ivoturucaia e Vila Bela, em Jundiaí, são pontos onde a população já colheu bons frutos após a passagem do programa. “Os moradores do bairro reclamaram muito sobre o transporte coletivo por meio do jornal e houve uma melhoria, em meu ponto de vista”, diz o aposentado Aparecido Nunes, 79 anos, contando que o número de linhas para atender o Ivoturucaia aumentou. Pessoas como ele, que dependem exclusivamente de ônibus, foram beneficiadas, embora as necessidades ainda sejam incontáveis.

Para a chefe de reportagem do JJ, Hanaí Costa Tavares, o retorno do trabalho é positivo não somente por atender à reivindicação do morador, que com a ajuda da reportagem tem seu problema solucionado. “São histórias de vida. O mais gratificante em tudo isso, mais do que solucionar problemas, é ir além.

Foi o que aconteceu com a dona Alfilia Ferreira de Souza, da Vila Maringá, que reencontrou a filha depois de 40 anos de separação. Publicamos uma matéria em dezembro do ano passado e a filha, que a procurava havia décadas, a reencontrou semana passada graças à nossa reportagem. Para nós a sensação é de dever cumprido”, diz Hanaí.

Para a comerciante Vanete de Jesus Bertola, 47, o JJ é o melhor meio para chamar a atenção do poder público para as necessidades do povo. “Sempre que sai uma matéria falando de algum problema do bairro, há uma movimentação positiva, os políticos se interessam mais”, afirma, apontando para um ponto de ônibus na frente de sua casa, na rua Archângelo Bianchini, onde as pessoas sentem na pele as vantagens de mais coletivos circulando.

No Rio Acima, o problema era a falta de rede de esgoto. Embora o sistema ainda não esteja totalmente instalado nas casas do bairro, a melhoria começou a ocorrer, de acordo com o produtor rural Antonio Luiz Fontebasso, 53. “Colocaram os canos, que era um pedido antigo, mas falta terminar o serviço”, enfatiza. A pavimentação de vias é outra demanda urgente no local.

Na Vila Bela, houve poda de mato em praças, bastante abandonadas na época em que o programa o JJ nos Bairros passou pela região, nas proximidades da rodovia Anhanguera.

De acordo com a editora-executiva do JJ Regional, Daniele Ruiz, a participação ativa dos moradores mostra a força do JJ nos Bairros por toda Jundiaí. “Em breve, iniciaremos o programa em Várzea Paulista, sempre com a preocupação do jornalismo como prestação de serviço.”


Link original: https://www.jj.com.br/jj-nos-bairros/jj-nos-bairros-busca-solucao-para-problemas-de-jundiai-e-regiao/
Desenvolvido por CIJUN