Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Moradores alegam que residências ficam até três dias sem água

| 19/10/2014 | 22:56

Um reservatório de 350 mil litros de água, na rua Santo Miqueletto, em Louveira, no bairro Cidade Jardim, está deixando os moradores do local na mão, segundo denúncia das pessoas que vivem na região. Localizado na parte alta do Santo Antônio, a água armazenada no pequeno bairro é distribuída para toda a região antes de chegar à casa de quem mora ao lado do reservatório, de acordo com os próprios moradores.

O medo de ficar sem água fez João Luiz Viana, 29, instalar uma nova caixa d’água em sua residência. “Já tinha o reservatório de 500 litros, agora coloquei mais um de 300 litros para armazenar água da rua”, explica. Os vizinhos já adotaram o mesmo procedimento, segundo o assistente administrativo.

Residente próxima à casa de João, a dona de casa Adélia Rosa de Oliveira, 52, diz que recentemente ficou três dias sem água da rua. “Abria todas as torneiras da casa e não saía nada”, relembra. A moradora relata também que por conta da seca e do racionamento – que segundo ela já acontece no bairro -, as contas de água estão mais caras. “Quando a água chega não dá tempo de a caixa encher, e ficamos com muito ar acumulado nas tubulações, o que faz aumentar a pressão e encarecer o valor da conta”, justifica.

Vizinha da moradora, a também dona de casa Márcia Rocha, de 42 anos, estava varrendo a rua durante a passagem da equipe do JJ nos Bairros. “É a alternativa que tenho para manter a fachada da minha casa limpa, já que usar água é impossível.”


Link original: https://www.jj.com.br/jj-nos-bairros/moradores-alegam-que-residencias-ficam-ate-tres-dias-sem-agua/
Desenvolvido por CIJUN