Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Parque Internacional ainda depende de esgoto em fossa

| 01/07/2014 | 00:08

A principal avenida do Parque Internacional, que liga este a outros bairros de Campo Limpo Paulista e dá acesso ao Centro, contraditoriamente, ainda tem moradores que dependem de fossa para acumular esgoto. Movimentada, com carros transitando pelos dois sentidos, a avenida André Garcia reúne pontos distintos de desenvolvimento – logo em seu início, vestígios de um ponto rural, abaixo do morro, são o cenário para a falta de esgoto encanado -, enquanto mais à frente, a via concentra pequenos comércios, escolas e rede de saúde.

Segundo moradores deste começo da avenida, aparentemente esquecido, solicitações já foram feitas à Prefeitura de Campo Limpo Paulista para um sistema de esgoto, mas, até hoje, eles não tiveram retorno. “Não temos esgoto. Esse começo todo tem esse problema. A minha fossa está tapada, mas tem outras que não e o problema é pior ainda”, conta o morador do bairro há 30 anos e de uma das primeiras casas da avenida, Paulo Sérgio de Moraes.

Segundo Paulo, muitas vezes, as fossas, já cheias, exalam mau cheiro, mas quando solicitado o serviço de limpeza, o retorno demora mais de 45 dias. “Fica um odor insuportável. Ninguém aguenta”, afirma.


Link original: https://www.jj.com.br/jj-nos-bairros/parque-internacional-ainda-depende-de-esgoto-em-fossa/
Desenvolvido por CIJUN