Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Região abandonada

| 24/06/2014 | 00:00

Localizada na rua Manoel Tavares da Silva, na altura do número 510, o prédio abandonado de uma antiga fábrica de fertilizantes e adubos incomoda a população. O prédio, que faz divisa com a linha férrea, está em ruínas por conta do fechamento da fábrica em 1978, quando a empresa teve de se mudar para Cubatão por conta da venda do terreno onde estava.

Campo Limpo Paulista foi escolhida pela empresa por conta do entroncamento ferroviário existente de Santos a Jundiaí e da Bragantina. A assessoria de imprensa da prefeitura comenta que poucos empreendedores demonstram interesse na área.


Link original: https://www.jj.com.br/jj-nos-bairros/regiao-abandonada/
Desenvolvido por CIJUN