Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Rua Seriema cresce e regularização é esperada

| 03/06/2014 | 00:22

Concentrando cerca de cem famílias, a rua Seriema é um ponto crítico do Cidade Nova 2. Isto porque a maior parte das moradias do local não está regularizada, fato que gera outros problemas pontuais, como falta de rede coletora de esgoto e infraestrutura pública. 

Mesmo desamparada, a rua mostra claros indícios de que está recebendo novos moradores, já que barracos estão sendo construídos. Alguns residentes, inclusive, dizem que a prefeitura havia feito promessas de moradias populares para que a Seriema fosse regularizada.

Ao lado da propriedade da dona de casa Izabel Maria da Silva, 45, um terreno público recebe todo tipo de descarte de lixo e esgoto não tratado, que desemboca em um pequeno córrego no limite com Jundiaí. “Aqui o mau cheiro é constante, pois muitos ratos mortos se misturam com o lixo”, explica.

Para a situação não piorar, diariamente a moradora limpa seu quintal e parte do terreno que fica ao lado da sua casa. “Se não fizer isso, a tendência é que o espaço fique descuidado, pois não temos apoio da prefeitura ou da Sabesp”, afirma.

Outros problemas também estão espalhados pela Seriema. Como a rua é um declive, moradores da parte baixa fizeram três lombadas com recursos próprios. Os obstáculos, criados com concreto e fora do tamanho padrão, acabam causando mais transtornos do que colaborando para o fluxo seguro dos carros. “Ou a gente fazia isso ou acidentes continuariam acontecendo, pois a prefeitura sabia do problema, mas nunca nos ajudou”, lamenta Edmilson Farias, residente no local.

Questionada, a Secretaria de Trânsito informa que as lombadas construídas não estão de acordo com a resolução da prefeitura e serão removidas. Visando minimizar transtornos, novas sinalizações serão implantadas posteriormente.


Link original: https://www.jj.com.br/jj-nos-bairros/rua-seriema-cresce-e-regularizacao-e-esperada/
Desenvolvido por CIJUN