Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Rua Tocantins está esquecida entre bairros

| 20/05/2014 | 16:09

Entre os topos do Jardim Mirante, Jardim Alessandra e Jardim das Palmeiras, um miolo de problemas é esquecido há alguns anos. Na parte baixa do encontro desses bairros, ao lado de um córrego, a rua Tocantins – tão extensa – tem trechos de demandas distintas até hoje não resolvidas.

Parte dela, ainda considerada Mirante, é repleta de buracos e asfalto quebrado. Moradores vivem com sujeira em frente às suas casas, enquanto o restante do bairro é totalmente urbanizado. Eles dizem que são regulares e pagam impostos à prefeitura, mas que estão abandonados. “Essa rua é isolada, abandonada. Pagamos tudo e é essa bagunça. Tudo desorganizado”, disse Adalberto Teotonio da Silva, que mora ali há 44 anos.

Descendo a rua, chega-se ao lado do córrego quase nem visto pelo mato e entulhos que tomam o rio. Famílias moram ali, em trecho de terra e sem postes, e pedem iluminação. “O problema mais sério é a falta de asfalto e de energia. Quando chove, também”, disse o morador do trecho, Enivaldo Soares Silva.

A Secretaria de Infraestrutura informou que, pela alta demanda por este serviço, não tem previsão de limpeza do rio e que a rua Tocantins é regular, mas, para que haja as melhorias solicitadas, é necessária a aprovação da rua Jacarandá, trecho de rua de terra, cujos lotes são irregulares.

A prefeitura diz que depende de recursos do Plano Nacional de Gestão de Riscos, que devem ser destinados em 2015. Sobre a iluminação, o trecho de terra da rua Jacarandá é irregular, apesar de não se tratar de área invadida e, por isso, não é possível pavimentar ou fornecer energia elétrica enquanto não houver a regularização.

Por enquanto, moradores utilizam instalações do trecho asfaltado e a Sabesp disponibilizou, por se tratar de questão sanitária, rede de água e esgoto aos moradores interessados.

Mau cheiro à noite
Na parte da rua ainda asfaltada, o morador Ednaldo Soldeira reclama do mau cheiro oriundo do abate de frangos feito por uma empresa localizada perto do bairro. “É um cheiro de queima de restos. Sempre acontece por volta da meia-noite.” Procurada pela reportagem, a empresa disse que já foi notificada pela Cetesb e que esclareceu, na ocasião, o modo de trabalho sobre emissão de gases.

A empresa diz que não há queima de resíduos e que o cheiro citado pelos moradores não é oriundo de sua produção. Ainda segundo a direção da empresa, será intensificado o monitoramento no bairro, principalmente no horário citado, para checar e auxiliar na identificação da fonte geradora do mau cheiro.

A empresa disse que os gases emitidos são condensados e encaminhados para a estação de tratamento de efluentes e no sistema de biofiltro e que o monitoramento é feito por uma equipe capitaneada por um gestor ambiental.


Link original: https://www.jj.com.br/jj-nos-bairros/rua-tocantins-esta-esquecida-entre-bairros/
Desenvolvido por CIJUN