Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Gavião vira sócio de macacos

| 20/05/2014 | 17:19

Ave originária do continente americano, o gavião-ripina (Harpagus bidentatus) é um bicho muito esperto. Ele se aproveita da barulheira que os macacos costumam fazer nas árvores e ataca bichos pequenos. Explicando melhor: no alto de uma árvore próxima de onde ficam os macacos, o ripina vigia.

Quando ocorre alguma algazarra (por briga ou brincadeira) da macacada, a gritaria rola solta e espanta bichos pequenos, que saem de suas tocas e esconderijos. É nessa hora que o gavião costuma atacar – e raramente falhar. O ripina come morcegos, ratos, lagartos, cobras, aranhas, borboletas… O gavião ripina pode ser encontrado desde o México até a Argentina.

No Brasil, vive na região Norte, no Centro-Oeste e no Nordeste; no Sudeste, pode ser visto no Espírito Santo. Tem cabeça cinza, olhos vermelhos, garganta branca com listras escuras; os pés amarelados e a cauda escura. Faz o ninho no alto da copa de árvores entre 7 e 30 metros e a fêmea bota um ou dois ovos. A incubação dura de 40 a 45 dias.


Link original: https://www.jj.com.br/jotinha/gaviao-vira-socio-de-macacos/
Desenvolvido por CIJUN