Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Seleção canarinho coleciona títulos

| 20/05/2014 | 16:22

O primeiro jogo da seleção brasileira ocorreu em 21 de julho de 1914, no Rio de Janeiro, quando enfrentou o time inglês do Exeter. O Brasil venceu por 2 a 0. No mesmo ano, os primeiros jogos contra seleção: derrota por 3 a 0 e vitória por 1 a 0 contra a Argentina. Nesses 100 anos de trajetória da seleção canarinho, há vitórias espetaculares , derrotas sofridas e uma das mais belas histórias do futebol mundial.

Início
Os ingleses do Exeter hoje disputam a quarta divisão do campeonato inglês. Já os argentinos transformaram-se nos nossos maiores rivais: eles venceram 36 vezes, e nós ganhamos 35. Em Copas do Mundo, o Brasil ganhou duas partidas da Argentina, em 1974, 2 a 1 na Copa da Alemanha, e 3 a 1 em 1982, na Copa da Espanha. Em 1990, a única vitória argentina: 1 a 0 na Copa da Itália. Em 1978, na Argentina, empate por 0 a 0.

Mais Copa
A seleção canarinho é a recordista de participações e de títulos de Copa do Mundo. É a única que participou de todas as 19 edições do torneio, desde o primeiro mundial, em 1930, no Uruguai. Neste ano, em casa, o Brasil vai para a sua 20ª participação. Foram contabilizados cinco títulos mundiais (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002), dois vices (em 1950 e em 1998), além de dois terceiros lugares (em 1938, na Itália, e em 1978, na Argentina).

Artilheiros
É do Brasil o maior artilheiro da história das Copas: Ronaldo Fenômeno fez 15 gols em quatro participações (1994, 1998, 2002 e 2006). Ele é um dos cinco artilheiros brasileiros em Copas. Em 2002, Ronaldo fez 8 gols. Os outros artilheiros são Leônidas da Silva, que anotou sete gols em 1938; Ademir de Menezes fez oito em 1950; Vavá e Garrincha fizeram quatro em 1962.

Rei
Pelé, considerado o maior craque de todos os tempos, é o único no mundo que ganhou três títulos como jogador (1958, 1962 e 1970). O lateral Cafu tem outro recorde: é o único no mundo que participou de três nais seguidas: em 1994, 1998 e 2002. É dele também o recorde de atuações pelo Brasil: foram 142 partidas o ciais. O segundo que mais jogou pelo time canarinho foi o lateral esquerdo Roberto Carlos, com 125 partidas.

Derrotas
Mas nem tudo são maravilhas nessa trajetória. Como em todos os esportes, algumas derrotas também são lembradas. A pior delas ocorreu em 1950, na final da primeira Copa realizada no Brasil. Derrota para o Uruguai por 2 a 1, no episódio que ficou conhecido como “Maracanazo”. Em 1982, na Espanha, o Brasil tinha o melhor time e jogava bonito. Mas a geração de Zico, Sócrates, Júnior e Falcão perdeu para os italianos por 3 a 2 e foi eliminada do torneio.

Craques
A lista de craques que brilhou com a famosa camisa da seleção é extensa. Inclui craques de antes de 1950, como Leônidas da Silva e Domingos da Guia; a turma que dessa década em diante fez história, como Didi, Garrincha, Gilmar, Mauro Ramos, Nílton Santos, Djalma Santos, Zito… A partir dos anos de 1960, vem a geração de Carlos Alberto Torres, Tostão, Jairzinho, Clodoaldo… Depois, a de Leão, Luís Pereira, Rivelino, Zico, Cerezzo… A relação de craques passa por Bebeto, Romário, Raí, Aldair, Ronaldo Fenômeno, Kaká, Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho… E agora é a vez de Oscar e de Neymar. De torcer por mais uma geração que – esperamos todos – também seja vitoriosa.


Link original: https://www.jj.com.br/jotinha/selecao-canarinho-coleciona-titulos/
Desenvolvido por CIJUN