Jundiaí

Mulheres buscam unhas resistentes, com gel, porcelana e fibra de vidro

Gel, porcelana e fibra de vidro são apenas algumas das opções para embelezar as mãos


ALEXANDRE MARTINS
Cláudia da Costa e Ariana Alves contam que a unha em gel é prática
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Unhas em gel, fibra de vidro, porcelana ou até mesmo postiças. Cada dia que passa as mulheres investem mais no cuidados com as mãos. Seja por estética ou até mesmo praticidade, essas técnicas caíram no gosto de todas as idades.

A manicure Ana Paula Gildo de Oliveira afirma que a opção mais procurada pelas clientes é a unha em gel. "A divulgação nas redes sociais foi o principal motivo pelo qual as mulheres nos procuram. Depois que fazem a primeira vez, as unhas caem no gosto pela estética e praticidade. Poder ter unhas mais resistentes, com baixo índice de quebra e melhor durabilidade de esmaltação são as maiores vantagens desse tipo de técnica", explica.

Ana Paula afirma que, dependendo do cuidado da cliente, a manutenção precisa ser feita de uma a duas vezes por mês, podendo variar de R$ 120 a R$ 240. "Alguns cuidados tem que ser tomados, incluindo não forçar as unhas, não cortar e não levá-las à boca. A manutenção é importante para manter a saúde das unhas naturais e verificar se não há descolamento. Além disso é necessário repor o produto na área onde cresceu", afirma a manicure.

A jornalista Rafaella Gonçalves Marinho, 20 anos, começou a fazer unhas de fibra de vidro em janeiro. Escolheu a técnica por estética. "Minhas unhas não crescem muito, por isso escolhi fazer. Hoje em dia mantenho por ser mais prático. Consigo fazer trabalhos domésticos sem o esmalte sair e sem as unhas quebrarem", afirma.

As manutenções levam em média duas horas e precisam ser feitas a cada 20 ou 25 dias. "Acredito que é um investimento que vale a pena, mas tem que ser feito com uma boa profissional para diminuir o máximo possível os danos feitos na unha de verdade", ressalta.

A manicure Cláudia Santos da Costa indica as técnicas para mulheres que costumam roer as unhas ou que possuem unhas fracas, que quebram com facilidade. "O gel, a porcelana e a fibra de vidro são boas nesse sentido. A mulher consegue ter unhas grandes e bonitas com maior tempo de durabilidade", conta.

Foi por esse motivo que a manicure Ariana Alves Câmara decidiu aplicar a técnica do gel nas unhas, além de também fazer o serviço nas clientes. "Minha unha não estava crescendo, sempre quebrava. Por isso decidi alongá-la. Apesar de ser um investimento mais elevado, gosto dessa técnica porque o esmalte dura muito. Fica uma semana sem lascar, isso deixa a mão muito mais bonita", conta.

Apesar da praticidade e da beleza, essas técnicas têm uma desvantagem. Podem enfraquecer a unha natural, levando de seis meses a um ano para se refazer por completo. "Por isso é fundamental buscar uma profissional. Muitas mulheres fazem o serviço em qualquer lugar, por ser mais barato. Além disso, vemos muitas pessoas ensinando pela internet. Isso é perigoso, pois além de ser feito de qualquer jeito, pode destruir a unha natural e causar problemas", alerta Cláudia.

CONTRAINDICAÇÕES

A nail designer Luiza Paiva Paganoni, especialista na técnica em gel, afirma que no geral não há perigos ou contraindicações para realizar o procedimento, mas algumas coisas devem ser observadas. "Algumas dermatites e alergias precisam de um certo cuidado e uma avaliação da profissional que realiza o serviço e de um dermatologista, pois muitas vezes a unha ou a pele não permitem o contato com os produtos e a cabine UV que usamos no procedimento. Além disso, uma gravidez de risco ou mulheres que já tiveram doenças como câncer precisam de uma avaliação médica para realizar as técnicas", explica.

(Mariana Checoni)

 


Notícias relevantes: