Jundiaí

Feriado será de movimento intenso

Em Jundiaí e na Região, fluxo de veículos deve chegar a 205 mil carros durante o feriado


ALEXANDRE MARTINS
João Moacir da Silva alerta para a manutenção dos veículos na estrada
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

O movimento de carros deve aumentar devido ao feriado prolongado que une o Dia do Servidor Público e Finados (2). Segundo levantamento realizado pelas concessionárias Rota das Bandeiras, AB Colinas o fluxo de carros nas rodovias da Região deve chegar a 1,1 milhão de carros entre esta sexta-feira (30) e segunda-feira (2).

Em Jundiaí e na Região, de acordo com a concessionárias Rota das Bandeiras, que administra as rodovias Engenheiro Constâncio Cintra (SP-360), Romildo Prado (SP-063), e AB Colinas que administra a rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto (SP-300) estima-se que o fluxo de veículos deve chegar a 205 mil carros durante o feriado.

Para não incentivar deslocamentos no feriado devido à pandemia, a concessionária CCR Autoban, administradora da Anhanguera e Bandeirantes, não divulgou a estimativa de veículos que devem passar pelo sistema, mas informou que a previsão de picos de movimentação de veículos com maior intensidade será entre hoje, das 15h às 20h, no sábado das 8h às 14h. No domingo a expectativa é de tráfego normal, sem incidência de horários de pico. Na segunda-feira o maior pico de tráfego de retorno será das 14 às 21h

SEGURANÇA

O coordenador de tráfego da CCR Autoban, João Moacir da Silva, de 51 anos, reforça que o motorista deve se atentar a dois fatores principais quando resolver viajar, sendo a manutenção do veículo e a segurança no trânsito. "Olhar os níveis de água, óleo do motor, verificar a funcionalidade dos limpadores do para-brisa e calibrar os pneus são ações necessárias para evitar imprevistos na estrada, a manutenção preventiva é essencial. Além disso, o condutor deve respeitar as normas de circulação como limite de velocidade, evitar paradas desnecessárias no acostamento e todos devem usar o sinto de segurança", explica Silva.

O coordenador de tráfego reforça ainda que ter um planejamento de viagem é essencial para garantira a segurança. "É importante que se verifique a distância que será percorrida, quais são os pontos de parada disponíveis como postos de gasolina, postos rodoviários ou postos da concessionária, que podem ajudar em eventuais imprevistos", completa Silva

Em relação a grande movimentação esperada e a pandemia, Silva indica que os condutores levem em consideração a atual realidade em que estamos vivendo. "A quarentena ainda não acabou, estamos vivenciando a pandemia. O que percebemos monitorando outros feriados, é que a grande maioria dos veículos viaja no sentido interior, buscando por parques, fazendas e espaços de lazer, mas através das mensagens propagadas nos painéis eletrônicos nas rodovias reforçamos a prática das medidas de segurança em relação a pandemia", diz.

 


Notícias relevantes: