Jundiaí

Serviço auxilia pessoas acometidas pela covid-19


DIVULGALÇÃO
Com o telemonitoramento a pessoa será avaliada em até sete dias
Crédito: DIVULGALÇÃO

Começa a funcionar em Jundiaí o teleatendimento para as pessoas acometidas pelo vírus Sars-CoV-2 que tiveram alta hospitalar. Até então, o acompanhamento era realizado pela Alta Qualificada do Hospital São Vicente de Paulo (HSV) e da Atenção Básica e Especializada de Jundiaí, por telefone e consulta presencial.

O incremento no modelo de atendimento foi desenvolvido pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) da Prefeitura de Jundiaí e utiliza a tecnologia como ferramenta para o suporte ao paciente.

"Desde o início da pandemia, a pessoa era avaliada por acompanhamento convencional, presencialmente nas UBSs ou por telefone. Com o telemonitoramento pós-alta hospitalar, a pessoa que passou por algum período internada em decorrência da covid-19 será avaliada em até sete dias após deixar o hospital, de forma remota, por médico da rede municipal, usando sistemas digitais. Isso facilitará para o paciente que não precisará se deslocar da residência", explica o coordenador técnico do CEC e gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) Tiago Texera.

Durante a avaliação serão qualificadas as informações passadas pelo paciente e avaliadas as condições, seguindo o fluxo já estabelecido para o atendimento específico, conforme a necessidade, seja para a Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência

Inicialmente serão realizados 24 atendimentos por semana, suficiente para a demanda atual. "Com base na anamnese terá a continuidade do atendimento especificada. Se for para a UBS, já irá com as solicitações dos exames necessários feitas por aqui, bem como com medicações caso sejam necessárias", diz a responsável pelo teleatendimento Flávia Magro.

O encaminhamento à consulta será realizado pela UBS de referência, com o agendamento do dia e horário para o atendimento via aplicativo de videochamadas, WhastApp.


 


Notícias relevantes: