Jundiaí

Jundiaí tem 53 casos de dengue


DIVULGAÇÃO
Jundiaí registra 98 casos de dengue
Crédito: DIVULGAÇÃO

Jundiaí registrou desde o início do ano 882 casos notificados de dengue, sendo 98 confirmações. Os bairros com mais casos confirmados de dengue foram a Vila Cristo e o Jardim São Camilo, com quatro cada. A Vila Nambi, o Novo Horizonte e o Jardim Tamoio têm três registros.

Dos 53 casos casos residentes, três foram contaminados em bairros em que não residem e um foi contaminado em local não identificado.

Já a chikungunya teve 14 notificações, mas apenas três casos foram confirmados e um aguarda resultados, os outros 10 foram descartados. Zika tem um caso notificado que aguarda confirmação. A Febre Amarela não teve nenhum registro de casos neste ano em Jundiaí.

Para evitar doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, o melhor é interromper o ciclo de reprodução do mosquito. A recomendação é que não haja acúmulo de água onde os mosquitos possam acessar, pois precisam da água para colocar ovos.

RAIVA

De acordo com registros da Vigilância Sanitária, foram sete os morcegos capturados com o vírus da raiva em Jundiaí neste ano, o mesmo registrado durante o ano passado.

Os bairros em que os morcegos foram capturados são Centro, Caxambu, Chácara Urbana, Fazenda Grande, Malota e Vila Alvorada.

A doença, que geralmente acomete animais domésticos, silvestres ou rurais, também pode ser transmitida para humanos. A raiva acomete o sistema nervoso e pode ser transmitida através de saliva, mordida ou arranhão de animais contaminados.

Para evitar a contaminação, é recomendada a vacinação anual de animais domésticos, que têm contato direto com humanos. Caso encontre um morcego morto, voando durante o dia ou perdurados em locais incomuns como cortinas e janelas, comunique imediatamente a Vigilância Sanitária através do telefone (11) 4521-0660 e nunca manuseie o animal.

Isole a área até que os profissionais cheguem para a retirada.


 


Notícias relevantes: