Jundiaí

Jundiaienses se dividem em desejos para a cidade


ALEXANDRE MARTINS
Gabriela Leal se preocupa com as ações de contenção à pandemia
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Neste domingo (15) de eleições municipais, os jundiaienses que foram às urnas se dividiram entre os que acreditam que a cidade está bem e os que acham que alguns aspectos do município ainda deixam a desejar, porém são unânimes em dizer que acreditam que o pleito é uma oportunidade da mudança.

A digital influencer Gabriela Leal sente falta de mais acessibilidade e pensa nos cuidados com a covid-19. "A gente vem votar e percebe que um que se vem um cadeirante, ele não consegue entrar porque só tem escada. Acredito que deve ter mais ações focadas na covid também porque as pessoas já estão saindo mais agora", relata.

A secretária aposentada Marilza de Almeida acredita que as melhorias feitas foram mantidas ao longo do tempo. "Eu acho que a cidade é boa de se morar e de se viver. Se continuar assim, já está bom para mim", relata.

A aposentada Eunice de Santana, moradora do Centro, sente falta de uma atenção maior ao local. "Os candidatos fortes de agora são decepções. Já tiveram a oportunidade de fazer um bom trabalho e não fizeram. Seria interessante também ter um trabalho para retirar os moradores das ruas", espera.


Notícias relevantes: