Jundiaí

Jundiaí permanece na Fase Amarela do Plano SP após nova classificação; oito regiões regridem

Desde o dia 12 de janeiro, a o número de novos casos confirmados diariamente está acima de 10 mil


ARQUIVO JJ
Nesta fase, a ocupação máxima em estabelecimentos é limitada a 40%
Crédito: ARQUIVO JJ

O governador João Doria anunciou hoje, em coletiva de imprensa, que oito regiões do estado de São Paulo vão regredir de fase em uma nova atualização do Plano SP, de reabertura da economia diante da pandemia de covid-19. Jundiaí, que pertence a regional de Campinas, permanece na Fase Amarela

Os municípios da região de Marília, que atualmente está na fase laranja, irá para a vermelha. Já as regiões de Bauru, Araçatuba, São José do Rio Preto, Piracicaba, Taubaté, Ribeirão Preto e Franca atualmente na fase amarela, receberão classificação laranja.

Esta reclassificação estava prevista para acontecer só em fevereiro, mas foi adiantada para hoje em razão do aumento do número de casos e mortes por covid-19 no estado, além do aumento da ocupação de leitos de UTI destinados ao tratamento da doença.

Desde o dia 12 de janeiro, a o número de novos casos confirmados diariamente está acima de 10 mil -na quinta-feira, a taxa foi de 13.710 novas infecções. Nos últimos 14 dias, o número de pacientes internados com covid-19 em UTIs no estado cresceu 20,5%.

A fase vermelha determina o fechamento de shoppings, bares, comércio de rua, academias, restaurantes, concessionárias, escritórios e salões de beleza, além de impedir a a realização de eventos culturais. Nesta fase, apenas os serviços essenciais podem funcionar.

Já a fase laranja permite, com restrições, o funcionamento de todos os setores, com a exceção de bares. A capacidade de ocupação dos locais é de 40% e o horário de funcionamento permitido é de oito horas diárias.

Como fica a Fase Laranja
Na semana passada, o estado alterou o regramento da fase laranja. Com a mudança, apenas os bares permanecem fechados aos clientes.

Setores que antes eram proibidos, como salões de beleza, academias e parques, agora podem funcionar.

  • Todos os setores de comércio e serviços passam a ser permitidos. A exceção é o atendimento presencial em bares, que continua proibido.
  • Capacidade de ocupação: antes era de 20% e vai para 40% em todos os setores.
  • Funcionamento máximo: ampliado de 4 para 8 horas por dia.
  • Horário de fechamento: atendimento presencial só poderá ser feito até 20h.
  • Parques estaduais, salões de beleza e academias: poderão abrir 

Como fica a fase amarela

  • Capacidade máxima limitada a 40% de ocupação para todos os setores. Até o final do ano passado, o percentual variava por setor.
  • Atendimento presencial ao público pode ser feito até as 22h, em todos os setores, exceto no setor de bares, que pode funcionar até as 20h.
  • Horário de funcionamento limitado a 12 horas por dia para todos os setores, exceto restaurantes, que devem respeitar o limite de 10 horas.

Galeria de Fotos


Notícias relevantes: