Jundiaí

Dicas para quem procura emprego em 2021

Cenário exige mudanças para quem procura por uma colocação profissional


DANIEL TEGON POLLI
Para Tuka Felipe, as plataformas digitais ajudam na busca por vagas
Crédito: DANIEL TEGON POLLI

O Brasil fechou o ano de 2020 com 14,1 milhões de desempregados segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Além da redução dos postos de trabalho, causada pela crise econômica em decorrência da pandemia, o cenário exige mudanças para quem procura uma colocação profissional. Encontre aqui dicas para conseguir um emprego.

Segundo o consultor de RH, Tuka Felipe, é preciso estar atento às mudanças trazidas pela pandemia. "É importante ter acesso a celular e internet e baixar os aplicativos de videoconferência e testá-los antes de usar, pois em meio a pandemia, boa parte das entrevistas é feita através dessas plataformas."

Para Felipe, a internet é uma ferramenta que deve ser utilizada para quem deseja conseguir um emprego. "Mais do que nunca as plataformas de empregabilidade e o Linkedin tem sido ótimas ferramentas para o candidato buscar por vagas no mercado de trabalho. Para isso é sempre bom manter seus perfis atualizados e ativos nesses canais. No caso do Linkedin, por exemplo, buscar compartilhar conteúdos, participar de lives e se conectar com profissionais de RH das empresas ou agências de emprego para se aproximar e receber novas oportunidades"

Além dos perfis atualizados, ter um currículo realista é importante, como orienta Wagner Fernando da Silva, proprietário da empresa Evolui Serviços Administrativos. "No currículo, as habilidades dos candidatos devem estar bem claras. Ser sincero é essencial, dizer no currículo que o inglês é fluente sendo que ele é básico, por exemplo é um erro gravíssimo. Apresentar qualificações que você não tem, são artimanhas que são facilmente descobertas. Por outro lado, deixar de falar das suas qualidades e talentos que o diferenciam das outras pessoas pode fazer você perder boas oportunidades."

A headhunter Natália Carvalho orienta ainda adequar o currículo de acordo com a vaga pretendida. "O currículo deve ser visto como um documento individual. Para cada vaga um tipo de currículo. Não adianta eu enviar um currículo para uma vaga de auxiliar administrativo com foco no financeiro, descrevendo funções que não são desta da área. É necessário focar e detalhar as funções da área que está se candidatando. É como se você vendesse a sua experiência por escrito. É dali que desperta o interesse do recrutador para fazer o primeiro contato por telefone ou canais digitais."

A busca por orientação de profissionais especializados pode ser uma boa opção para quem está em dúvida ou quer procurar emprego de maneira mais assertiva. Para Felipe, a orientação do profissional ou empresa certos pode ser a diferença entre conquistar uma vaga ou não.

"Uma empresa pode agilizar todo o seu processo de recrutamento e seleção com uma consultoria de RH especializada, bem como aumentar as chances de aderência e assertividade na contratação pois os recrutadores são especializados e possuem diversas ferramentas e testes para direcionarem de maneira preditiva um candidato para empresa. Em caso de cargos em nível estratégico, o papel de um headhunter pode ser essencial para a recolocação em tempo e oportunidades ideais."

Para Júlio César Durante, diretor do Departamento de Fomento ao Comércio e Serviços da Unidade de Gestão de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (UGDECT), da Prefeitura de Jundiaí, é importante que o candidato acompanhe as tendências do mercado se capacite. "Nós temos que entender que cada vez mais a empresa está procurando por um colaborador com características que vão além da técnica, então é preciso estar sempre melhorando sua capacitação e habilidades sociais."

Durante destaca ainda que na cidade, há uma preocupação em oferecer cursos para que as pessoas se atualizem profissionalmente. "Nós estamos em constante contato com entidades como o Sebrae e a Associação Comercial de Jundiaí (ACE) e universidades para acompanhar as tendências do mercado e buscar capacitar o candidato naquilo que as empresas precisam. É um trabalho conjunto entre o poder público, empresas e entidades", completa.

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: