Jundiaí

Encontro pretende dar visibilidade trans

O evento ocorrerá em em página do facebook do Centro de Apoio e Inclusão Social de Travestis e Transexuais


Até dia 29 de janeiro, o Centro de Apoio e Inclusão Social de Travestis e Transexuais (Cais) promove o 4º encontro da Visibilidade Trans Jundiaí. O evento será apresentado de forma on-line por meio da página do facebook do Cais.

As lives abordam diferentes temas, como saúde, direitos, emprego, entre outros assuntos que são considerados tabus na comunidade trans. "A importância desse encontro é para dar visibilidade a esses corpos invisíveis, que são matáveis, negligenciados, hiper sexualizados e invisibilizados", adianta Samy Fortes, organizadora do evento.

Esse ano, o evento será realizado de forma remota. A pandemia de coronavírus impede que haja o encontro presencial, mas as pautas serão abordadas, mesmo de forma remota.

Samy afirma que a edição desse ano buscou ouvir a comunidade para tratar de temas importantes. "A população TT (Travesti e Transexual) pautou o encontro depois de uma videoconferência com as pessoas de Jundiaí. Outra mudança para essa edição é que, além de ser um dia de evento, vai ser uma semana inteira, pela primeira vez".

Além de Jundiaí, participam do encontro representantes da comunidade e coleticos LGBTQIA de várias cidades do interior. "Participam representantes de coletivos de Franco da Rocha, Francisco Morato e até de São Paulo. É importante nós, de Jundiaí, entendermos a logística para fortalecer a nossa causa, a bandeira".

Apesar de não ter a reunião presencial, Samy vê vantagem nas lives realizadas. "Antes não era possível abordar todos os temas importantes porque acontecia em um dia, mas agora podemos debater todos eles a cada dia ao longo da semana".

A organizadora do encontro explicou a importância do Cais para a comunidade trans. "É de suma importância termos esse espaço para realizarmos um serviço mais centralizado, pois há serviços e empresas que não conseguem receber esses corpos, aí nasce a transfobia. Por isso o Cais é importante e está se tornando utilidade pública e uma vertente para trabalhar junto com a prefeitura".

Para encontrar a grade completa do encontro, acesse a página do Facebook do Cais.

(André Borges)

 


Notícias relevantes: