Jundiaí

Volta às aulas faz instituições pedirem ajuda para materiais

AJUDA SOLIDÁRIA Entidades ressaltam que os itens, como cadernos, lápis de cor e canetas precisam estar em bom estado para que os alunos aproveitem


ALEXANDRE MARTINS
Edison Marin conta que alunos ficam felizes com doações em bom estado
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Com o retorno gradual das aulas presenciais, algumas entidades de Jundiaí precisam de doações de materiais escolares para os alunos. Cadernos, lápis de cor, pastas, canetinhas ou qualquer item em bom estado. E, para ajudar estas entidades o Portal JJ e a Rádio Difusora (810), lançou a campanha "Volta às aulas com solidariedade".

Até dia 19 de fevereiro é possível fazer a doação em diversos pontos de arrecadação, inclusive nas próprias entidades que já notaram o aumento das participações.

O 1º tesoureiro da Casa Transitória Nossa Senhora Aparecida, Luiz Gustavo Busanelli, postou em suas redes a satisfação de ter atingido o objetivo da entidade em conseguir os materiais necessários. "Agradecemos a todos que nos ajudaram, de alguma forma, em nossa campanha de arrecadação de materiais", diz a postagem.

O diretor educacional da Apae Jundiaí, Edison Marin, afirma que a entidade aceita qualquer material que a pessoa puder doar, mas está satisfeito com a colaboração das pessoas. "O que mais usamos com os alunos são lápis de cor, tesouras sem ponta, pastas de elástico, cola, canetinhas, massinhas de modelar e guache. Contudo, todos os materiais são bem-vindos", explica.

Marin ressalta que é muito importante que os materiais para doação estejam em bom estado. "Sempre recebemos muitos materiais novos ou usados, mas, infelizmente, em alguns casos, recebemos materiais em péssimo estado", lamenta.

A Casa da Fonte, instituição que dá aulas de reforço e oferece atividades extracurriculares para crianças do Jardim Novo Horizonte, também precisa de doações de materiais escolares. A coordenadora Maria Cristina Castilho de Andrade está satisfeita com o retorno depois do lançamento da campanha. "O que mais precisamos no momento são cadernos brochura e espiral universitário. Os itens serão destinados para os alunos usarem na instituição e também nas escolas", afirma.

Na Casa da Fonte, as aulas presenciais voltaram parcialmente."Estamos com um esquema de quatro alunos por turma, em cada sala de aula e ao ar livre. As aulas são de uma hora, com meia hora separada para limpeza do local", conta.

A coordenadora administrativa do Centro de Atendimento à Síndrome de Down Bem-te-Vi, Cristiane Kroneis, diz que agora precisam também de produtos de limpeza. Com o retorno há a necessidade de higienizar as salas a cada uso. "Água sanitária, álcool e desinfetante são os principais. Quanto aos materiais escolares, sempre precisamos de folhas sulfites, lápis e canetinhas, pois utilizamos muito com os alunos", conta.

SERVIÇO

Apae Jundiaí

Endereço: rua Reg. Feijó, 275 - Vila Arens II. Materiais podem ser doados de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na recepção da instituição. Telefone: 4588-2900

Casa da Fonte

Endereço: Estrada Municipal do Varjão, 3806 - Jardim Novo Horizonte; De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Com exceção da semana do Carnaval. Reabrem quarta-feira às 12h.

Telefone: 4492-2512

Bem-te-vi

Endereço: rua Paulo Eiró, 21 - Vila Santana II; os itens podem ser entregues na recepção das 8h às 17h ou retirados na casa da pessoa, caso não haja possibilidade de levar até o local.

Telefone: 4526-9446;

Grupo JJ e Ciesp

As entregas podem ser feitas até dia 19, das 8h30 às 16h (de 2ª a 6ª), na Difusora (rua Barão de Jundiaí, 1041 - Centro) e no Ciesp (avenida Doroty Nano Martinasso, s/n - Vila Hortolândia).


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: