Jundiaí

Legislação para o home office é tema de palestra

CIESP JUNDIAI A proposta do encontro é fazer um alerta aos empresários para evitar um passivo trabalhista


ARQUIVO PESSOAL
Elizabeth Broglio, diretora do Ciesp, fará a mediação do webinar
Crédito: ARQUIVO PESSOAL

O Ciesp Jundiaí promove no próximo dia 23 um encontro on-line para debater a legislação do regime home office. A palestra vai contar com as participações de Rosângela Cavalcante, engenheira pela Escola Politécnica da USP e mestre em Engenharia e da advogada Alessandra Bonvicini, especialista no Direito Empresarial, Trabalhista e Processo Civil. A mediação fica por conta da diretora jurídica do Ciesp Jundiaí, Elizabeth Broglio.

Segundo adianta a diretora, as normas técnicas sofreram alterações importantes e necessárias, como por exemplo, as medidas cabíveis ao trabalhador em 'home office', a carga cognitiva que esta modalidade de trabalho vem provocando e a videoconferência vai abordar todos estes pontos que os empresários precisam se atentar.

"A pandemia multiplicou exponencialmente o número de trabalhadores em regime de 'home office' e, diante da celeridade que as empresas tiveram que colocar seus colaboradores em teletrabalho, muitas não fizeram as adequações necessárias para observar e adequar fatores ergonômicos no trabalho em casa, por exemplo. Em pesquisa recente com empresários da nossa região, 90% deles não fizeram alteração no contrato de trabalho e 85% deles desconheciam essa necessidade", relata.

A proposta é fazer um alerta aos empresários para evitar um passivo trabalhista. "A prevenção e o conhecimento é a valia maior do patrimônio físico, empresarial e humano", completa.

RESPONSABILIDADES

De acordo com a diretora, as empresas não estão isentas das responsabilidades. "A NT 17/2020 MPT nasce para estabelecer critérios que devem e deverão ser cumpridos. Nesta videoconferência, com a participação de especialistas no assunto, o nosso intuito é orientar os empregadores, nossos associados e os profissionais da área de Recursos Humanos e todos aqueles que quiserem compreender as normas impostas até mesmo com as necessidades mínimas aos trabalhadores sob o ponto de vista das NRs", comenta.

Além da NT 17/2020 que fala sobre os fatores positivos técnicos e jurídicos do trabalho em "home office", o encontro também vai debater outras normas regulamentadoras que foram atualizadas recentemente. "As informações que serão apresentadas podem prevenir processos trabalhistas futuros", explica a diretora jurídica do Ciesp Jundiaí, Elizabeth Broglio.

SERVIÇO

O encontro acontece das 14h30 às 16h30 e a inscrição deve ser feita por meio do link http://bit.ly/2YyxuKC


Notícias relevantes: