Jundiaí

Vacinação recomeça hoje para pessoas acima dos 85 anos

Liberação de 5.250 novas doses permite retomada de vacinação no Parque da Uva


DIVULGAÇÃO
Governador pretende vacinar toda população adulta de SP até outubro
Crédito: DIVULGAÇÃO

A vacinação, o único método comprovadamente eficaz na contenção da pandemia, caminha lentamente, devido à demanda alta de doses e produção ainda não tão alta no Brasil. Sendo assim, os municípios dependem da federação para que haja a disponibilidade de novas doses e posterior aplicação na população.

Em Jundiaí, segundo a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), com a liberação de mais 5.250 novas doses, a serem retiradas hoje (26) no Departamento Regional de Saúde (DRS) de Campinas, a vacinação dos idosos acima de 85 anos será realizada hoje, no Parque da Uva, àqueles que realizaram o cadastro no site e no App da prefeitura. A quantidade de doses recebidas contempla 78% da população com mais de 80 anos, estimada em 6,2 mil pessoas em Jundiaí.

Nesta sexta também começa o agendamento para pessoas de 80 anos ou mais. A vacinação será no sistema drive-thru, no Parque da Uva, entre segunda (1) e sexta-feira (5) e, a partir de agendamento via Central de Agendamento de Consultas (CAC) 4531-8670, para os acamados e com mobilidade reduzida, que receberão na residência.

Ainda será feita a oferta do imunizante em pontos estratégicos, no sábado (6), para quem não conseguir agendar ou se locomover até o Parque da Uva. As novas doses serão destinadas à conclusão da imunização do público de idosos acima de 85 anos e para o início da aplicação no grupo com mais de 80 anos.

O município aguarda a liberação, por parte do estado e da União, das segundas doses dos idosos com 90 anos ou mais e dos profissionais da Saúde. De acordo com o Plano Estadual de Imunização (PEI), as respectivas vacinas serão recebidas nos prazos de 28 dias ou 12 semanas, respectivamente.

CONTRA O TEMPO

Com o início da vacinação em Jundiaí, a média móvel de casos confirmados na cidade vem caindo lentamente desde o último mês. Tanto em dezembro quanto em janeiro, Jundiaí registrou em média mil novos casos por semana. Média semelhante à de julho de 2020, quando houve pico da primeira onda da pandemia no município.

Em fevereiro, no entanto, até agora, a média é menor e começa a criar o já conhecido 'platô', quando os números sobem a têm estabilidade, com desaceleração, ainda lenta, da quantidade de casos registrados por dia. Durante a última semana, do dia 19 até esta quinta (25), houve registro de 819 novos casos e 14 óbitos.

Os números de internação, no entanto, ainda são altos. Durante a última semana houve registro de 819 novos casos e 14 óbitos. A ocupação de UTI pública destinada ao atendimento dos pacientes de covid-19 manteve média de 75% na última semana e hoje tem 49 unidades disponíveis. Na UTI particular a média foi de 69% e hoje há 79 leitos.

O que preocupa é a chegada da nova variante do coronavírus, registrada pela primeira vez em Manaus, mais contagiosa e que pode criar a terceira onda da pandemia, caso a vacinação não avance a tempo.

(Nathália Sousa)

 


Notícias relevantes: