Jundiaí

Clínica da Família Hortolândia está em fase de acabamento

O investimento na obra é de R$ 3,380 milhões, para a construção de prédio com dois pavimentos


Divulgação
Clínica da Família e UPH Vila Hortolândia estão em fase final de construção
Crédito: Divulgação

Com mais de 90% da obra executada, a construção do prédio da Clínica da Família e Pronto Atendimento Geral da Vila Hortolândia está em fase de acabamento para a instalação de equipamentos com o elevador e sistema de ar-condicionado. O prédio tem previsão de entrega até o início do segundo semestre deste ano, e oferecerá atendimento completo em Atenção Básica e Urgência e Emergência para toda a região norte e noroeste da cidade.

“Mesmo com a pandemia, Jundiaí mantém o ritmo de entregas dos investimentos, principalmente na área da Saúde. A Clínica da Família da Vila Hortolândia segue o modelo premiado nacionalmente implantado no Novo Horizonte, com atendimentos centralizados para a população, próximo à residência”, ressalta o prefeito Luiz Fernando Machado. A unidade do Novo Horizonte foi premiada nacionalmente, no Prêmio Inovacidade do Smart City Business Congress, em julho de 2019. O reconhecimento se deu pela eficiência e eficácia no atendimento em Saúde Pública, garantindo qualidade no serviço prestado à população

O investimento na obra é de R$ 3,380 milhões, para a construção de prédio com dois pavimentos, com entradas separadas e elevadores. Com o pavimento superior ocupado pela Clínica da Família, a unidade contará com 13 consultórios médicos e de enfermagem, 3 consultórios odontológicos, sala para agentes comunitários de saúde, dispensação e farmácia, sanitários nos consultórios, esterilização, expurgo, sala de pós-consulta, almoxarifado de medicação climatizada com ar-condicionado, sala para coleta de exames, administração de medicação e inalação, sala de curativo, sala de vacina, sala multiuso, sala de grupo com escovódromo e elevador.

Já o andar térreo, ocupado pelo Pronto Atendimento Geral, além dos aparelhos de diagnósticos (raio-X, eletrocardiograma e ultrassom), coleta de análises clínicas, outros cinco consultórios médicos, nove leitos clínicos, recepção com sala de espera, sala de emergência, sala de análises clínicas, salas de observação adulto, salas de observação infantil, sala de procedimentos, esterilização, sanitários PNE, sala de reunião e demais ambientes de acordo com a legislação específica.

“O modelo de atendimento na Atenção Básica é baseado na Estratégia de Saúde da Família (ESF), com seis equipes completas para o cuidado referenciado para 30 mil vidas. Outra facilidade que o modelo oferece para a população é o atendimento da demanda em saúde em, no máximo, 48 horas, sem a necessidade de agendamento”, destaca o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera, ressaltando que oferta de exames no local, e o diferencial de contar com um ortopedista, proporciona à Clínica da Família a resolutividade de 80% das demandas e para o Pronto Atendimento 95%.

Nesta segunda-feira (01), o gestor da UGPS acompanhou visita de comitiva de vereadores ao prédio. Participaram da visita os parlamentares José Antonio Kachan Júnior, Romildo Antonio da Silva, Edicarlos Vieira, Madson Henrique do Nascimento Santos, Marcelo Gastaldo e Cícero Camargo da Silva.

Mais regiões
Além do equipamento que está em funcionamento no Novo Horizonte e este que está em construção na Vila Hortolândia, o prédio da Ponte São João também será adequado para o atendimento no mesmo modelo de serviço, com Clínica da Família e Pronto atendimento Geral, com leitos e equipamentos para a realização de exames de diagnóstico. “São serviços que seguem o mesmo padrão de humanização, acolhimento e resolutividade para a população”, ressalta o gestor da UGPS. Este prédio está com a licitação para a escolha da empresa que retomará a obra em fase final.

Já o prédio da Vila Progresso, que também seria apenas um serviço de urgência e emergência, conta com projeto delineado para o atendimento de um Centro Médico de Especialidades e Diagnóstico, com mais de 40 salas para atendimento de especialidades médicas, exames de diagnóstico e, inclusive, pequenas cirurgias. O complexo também abrigará espaço para o atendimento de urgência e emergência.


Notícias relevantes: