Jundiaí

Alerta dos médicos: cuidar agora para não morrer à frente


ARQUIVO JJ
Saulo Duarte Passos alerta sobre a importância do cuidado
Crédito: ARQUIVO JJ

O isolamento social em Jundiaí alcançou os 45% no último domingo (7), número inferior aos 51% do estado de São Paulo. Ainda assim, é o maior isolamento desde o dia três de janeiro, quando houve outra Fase Vermelha no feriado do Ano Novo.

Neste momento de restrição mais rígida devido ao avanço descontrolado da pandemia, ainda há desrespeito às normas sanitárias, como a insistência na abertura do comércio e na realização de festas, implicando no risco do sistema de saúde entrar em colapso também na Região de Jundiaí, como é observado em outras regiões do estado e do país.

O isolamento neste patamar foi observado apenas em julho de 2020, quando estávamos no pico da primeira onda da pandemia, e também em Fase Vermelha.

Segundo o pediatra, pós-doutor em virologia e professor da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ), Saulo Duarte Passos, chegar na Fase Vermelha significa o descontrole total da doença. "Não se pode tolerar nada que não seja o controle total. O sistema de saúde caminha para a falência", aponta.

Para ele, ignorar as medidas sanitárias e normas neste momento significa agravar o problema. "O comércio precisa montar um delivery porque se atende uma pessoa já existe risco. São medidas duras, é um remédio amargo, mas é necessário. Há registro de óbitos todo dia e hoje também há jovens falecendo. Acho que não respeitar esse risco é uma negação da realidade. A reinfecção também pode acontecer e está acontecendo. As novas cepas são o vírus usando mecanismos para sobreviver e isso cria novas variantes. A do Amazonas, há estudos que dizem que existem vacinas que não são eficazes para ela."

O médico fala que a melhor maneira de prevenir o vírus é o cuidado e o respeito às normas sanitárias. "Com essa doença, tudo é novo. Alguns países não usam mais a máscara de pano, no Brasil ainda não há essa recomendação. A máscara mais eficaz é a N95, utilizada por profissionais de saúde. Se as pessoas puderem, usem a máscara descartável tripla durante um período de quatro horas ou até ficar úmida, trocando depois. Também é importante a manipulação correta da máscara, uso adequado é essencial. Não esquecer do distanciamento e da higienização das mãos", lembra.

CONSCIENTIZAÇÃO

A Prefeitura de Jundiaí informa que promove por meio dos seus canais de comunicação, site, redes sociais, TV Tec e apoio da imprensa, constantes divulgações sobre a importância da conscientização quanto às restrições de cada fase do Plano São Paulo.

O munícipe que observar aglomeração ou funcionamento irregularidade comércio poderá denunciar através dos números 153 ou 156. A Guarda Municipal de Jundiaí atua também orientando a população sobre os protocolos de segurança sanitária de cada fase do Plano São Paulo.

(Nathália Sousa)


Notícias relevantes: