Jundiaí

Setor de confeitaria projeta boas vendas com o período da Páscoa

PÁSCOA Para aqueles que estão inseguros com a pandemia, confeccionar ovos de chocolate em casa se tornam uma boa opção e agradam comerciantes


                                  ALEXANDRE MARTINS
O gerente de uma loja Jair dos Santos está com expectativas altas para a Páscoa
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Confeccionar ovos de chocolate e itens que remetem à Páscoa se tornou uma boa opção para quem prefere economizar em tempos de crise. O resultado é o crescimento no setor de confeitaria com a venda de matéria-prima para a fabricação dos mais variados produtos.

O gerente de uma loja de produtos deste segmento, Jair dos Santos, acredita que o momento está propício para as vendas. "Apesar das restrições, nossas vendas estão melhores que as do ano passado e por isso acredito que este ano será muito bom. Estamos renovando nossos estoques de produtos e iremos lançar algumas promoções para formas de ovos de Páscoa e outros produtos derivados", comenta.

A loja em que trabalha também oferece cursos de confeitaria, mas devido a pandemia, estão parados. "Fizemos os cursos presenciais na medida do possível. Com o começo dos decretos e das mudanças de fases, tivemos que intercalar os cursos de forma presencial e virtual. Na metade de 2020 cancelamos os cursos presenciais e no final do ano cancelamos os on-line. A maioria das pessoas que nos procuram é formada por confeiteiros amadores e pais de famílias. Eles preferem fazer os cursos de forma presencial para colocar a mão na massa, pois realizam os cursos para obter uma forma de renda-extra", afirma.

RITMO ACELERADO

Para o proprietário Ricardo Diniz, de 62 anos, dono de uma rede de lojas de produtos para confecção de chocolates, apesar da situação, o ritmo de vendas continua bom. A pandemia fez com que as pessoas se interessassem em fazer seus próprios produtos.

"A demanda vem aumentando gradativamente. Suspendemos apenas os cursos presenciais, mas seguimos com os cursos on-line e gratuitos. Há aquelas que procuram por conhecimento próprio ou como forma de tentar garantir uma renda-extra nestes tempos difíceis. Oferecemos cursos de confecção de ovos de Páscoa, bolos, tortas, bombons, doces e até salgados", afirma.

Apesar das incertezas com o cenário atual, Diniz está confiante para a Páscoa deste ano. "Vivemos em uma caixinha de surpresas, pois mesmo fechando e abrindo as portas, as demandas e as vendas estão aumentando. Tivemos que melhorar nosso sistema de delivery, colocando um carro nas ruas, além das motos. Conseguimos aumentar a contratação de funcionários nas lojas e agora planejamos lançar algumas promoções de Páscoa. Eu acho que estamos nesta boa situação, devido as pessoas estarem em suas casas procurando alguma forma para passar o tempo", diz.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: