Jundiaí

Com isolamento de 37%, Jundiaí está no pior pico

ÍNDICE Os números deixam a cidade em penúltimo lugar na lista dos 139 municípios monitorados


               ALEXANDRE MARTINS
O município vivencia o pior momento desde o início da pandemia
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

No pior momento da pandemia desde março do ano passado, Jundiaí apresenta um índice de isolamento de apenas 37% segundo o Sistema de Informações e Monitoramento Inteligente (SIMI-SP). Na lista dos 139 municípios com mais de 50 mil habitantes, a cidade aparece em 138º lugar.

Registrando 129 pessoas internadas somente no Hospital São Vicente de Paulo (HSV) na semana passada e 52 novos somente entre segunda e terça-feira por suspeita ou contaminação por covid, o município bate recorde com total de ocupação de leitos, com 366 pessoas entre hospitais público e privados internadas pelo novo coronavírus. O número é 48% maior que o pior dia registrado no pico da pandemia do ano passado.

Das sete cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí, outras três aparecem na lista. Campo Limpo Paulista é a melhor colocada entre as quatro, em 33º, com 46%. Em seguida a cidade de Itupeva, em 97º lugar, com 41% e se aproximando de Jundiaí, Várzea Paulista, em 106º, com 40%.

Segundo o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) um dos motivos do baixo isolamento se deve ao fluxo de pessoas que trabalham em setores que não foram fechados, como por exemplo, o parque industrial. Mesmo assim as ações de conscientização e de fiscalização têm continuado para evitar eventos que promovam aglomeração.

O gestor de Promoção da Saúde, Tiago Texera reforça a importância de respeitar os protocolos de segurança. "Estamos na Fase Vermelha Emergencial, a mais restritiva do Plano São Paulo, e a todo momento etamos repetindo que o vírus pega carona com a população. É essencial que, principalmente os jovens, adotem as medidas de proteção, com o uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos. Fazemos a análise diária do cenário epidemiológico e procuramos agir antecipadamente, fortalecendo a estrutura hospitalar. Contudo, a sociedade tem que assumir a sua responsabilidade nesse processo", afirma.

PELA REGIÃO

Campo Limpo Paulista informa que faz a fiscalização e que o toque de recolher tem funcionado. Além disso, trabalham em ações de conscientização nos bairros com mais índices de casos de covid por meio de comunicados.

Em Itupeva, o trabalho de conscientização e orientação é constante. Todas as medidas de enfrentamento à pandemia adotadas são contínuas e constantes.

A Blitz Solidária, por exemplo, já distribuiu cerca de 30 mil máscaras e informativos sobre os cuidados para evitar a propagação do coronavírus, como o distanciamento social. Quando ocorrem denúncias de aglomeração, elas são verificadas prontamente pelas equipes da Guarda Civil Municipal.

Referente a posição na lista do índice, Várzea Paulista tem realizado operações conjuntas com a Guarda Civil Municipal, Segurança Pública, Fiscalização do Comércio e Vigilância Sanitária durante o dia três vezes por semana e a noite de sexta-feira a domingo. Até o momento as medidas adotadas seguem o decreto emergencial.

SIMI-SP

O índice de isolamento é disponibilizado pelas prestadoras de serviços de telecomunicação (Vivo, Claro, Tim, Oi) por meio de uma plataforma Big Data. O índice é baseado na localização obtida pelas antenas de celulares, as quais "marcam" uma referência para o lugar onde o celular estava entre as 22h e 2h. Durante o dia, o aparelho que tenha se afastado desta referência (que é variável mas, aproximadamente 200 metros), é considerado fora do isolamento. O índice é atualizado diariamente, sempre mostrando os valores referentes ao do dia anterior.

Para consultar a lista completa basta acessar o site https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/isolamento/lista


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: