Jundiaí

Qualidade da água ajuda no trato com a saúde

A DAE tem operado dentro e fora dos muros para garantir o serviço


DIVULGAÇÃO
Reginaldo Tangerino sabe da importância de manter a limpeza na áreas da empresa para manter a qualidade da água
Crédito: DIVULGAÇÃO

Em meio à pandemia, o simples ato de lavar as mãos pode salvar vidas, por isso, toda empresa de saneamento básico, considerado essencial, deve manter a rotina de trabalho. Neste caso, a DAE Jundiaí tem operado dentro e fora dos muros para garantir o serviço aos usuários, em especial aqueles que não podem sair de casa.

Os operadores da Estação de Tratamento de Água do Anhangabaú (ETA-A), por exemplo, cuidam de cada etapa do tratamento dia e noite, sete dias por semana. Cerca de 1,8 mil litros de água por segundo passam pela ETA-A. Ali, a água é analisada desde a entrada, ao chegar da represa, até a saída, rumo aos reservatórios. "A água de Jundiaí passa por nossas mãos, sob nossos olhos, e somos essenciais para manter o abastecimento", pontua o operador Danilo Resende de Moraes.

Ele conta que o trabalho na Estação de Tratamento segue ininterrupto, por isso, todos estão comprometidos em se cuidar. "Nosso objetivo é garantir a água. Trabalhar com isso é um orgulho para mim, principalmente por fazer parte da equipe responsável por tornar a água da represa uma água potável", considera.

Além do cuidado dentro dos laboratórios, é preciso quem mantenha esta qualidade no dia-a-dia. É o caso do oficial de Obras e Manutenção Reginaldo Tangerino.

"Tenho ciência da importância do trabalho desenvolvido pela DAE. Se há pessoas da saúde na linha de frente, elas também precisam de água e de quem cuide do esgoto", avalia Tangerino.

Colaborador da área de Manutenção de Esgoto, ele está na DAE há nove anos. "Por lidar com esgoto, minha área sempre exigiu cuidados específicos. Além do uso do EPI, sempre tivemos o costume de lavar as mãos e usar álcool em gel. O que mudou com a pandemia foi a máscara", conta.

O servidor se orgulha por realizar um trabalho que ajuda as pessoas, especialmente neste momento. "Estamos vivendo um problema mundial, sério, e sei a importância do saneamento para a saúde e o bem-estar da população."

A manutenção de água e esgoto, responsável por solucionar vazamentos na rede de água e obstruções na rede de esgoto, é uma das áreas da DAE em atuação durante a pandemia, mas o trabalho vai além. Novas obras estão em andamento, para ampliar a cobertura de saneamento e garantir mais água tratada.

Na sede administrativa, o Laboratório de Qualidade realiza, diariamente, coletas da água distribuída em unidades de saúde, hospitais, comércios e residências, além de avaliar a qualidade dos mananciais e o tratamento do esgoto, em três estações espalhadas pela cidade. Já a Telemetria monitora, 24 horas por dia, as vazões da represa e dos 54 reservatórios de Jundiaí, conferindo como está o consumo minuto a minuto.

DIGITAL

Para facilitar ainda mais a vida de quem pode ficar em casa, a DAE lançou, este ano, um novo site. Agora, ao digitar daejundiai.com.br, o cliente encontra, logo no início, os serviços online, com destaque para atualização cadastral e segunda via da conta, facilidades disponíveis na DAE Digital. O site também destaca o Alerta de Abastecimento, que mostra as manutenções em andamento no dia e os bairros afetados.

Já os Postos de Atendimento - fechados durante a fase vermelha - colocaram à disposição os e-mails, para envio de documentos e esclarecimentos: [email protected] (Centro), [email protected] (Eloy Chaves), [email protected] (Ponte São João), [email protected] (Vila Hortolândia) e [email protected] (Poupatempo).

O contato deve ser feito pelo 08000 133 155.

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: