Jundiaí

Volkswagen suspende produção


DIVULGAÇÃO
A empresa adota esta medida a fim de preservar a saúde de seus empregados
Crédito: DIVULGAÇÃO

A Volkswagen anunciou que vai suspender a produção em todas as unidades no país por 12 dias por causa do agravamento da pandemia. A interrupção começa na próxima quarta-feira (24).

A empresa atua em São Bernardo do Campo (SP), Taubaté (SP), São Carlos (SP) e São José dos Pinhais (PR). "Com o agravamento do número de casos da pandemia e o aumento da taxa de ocupação dos leitos de UTI nos estados brasileiros, a empresa adota esta medida a fim de preservar a saúde de seus empregados e familiares. Nas fábricas, só serão mantidas atividades essenciais", explica em nota.

A empresa explica que funcionários da área administrativa farão trabalho remoto, e que a medida foi tomada em conjunto com os sindicatos locais.

Na Europa, a Volkswagen tomou a mesma decisão em março do ano passado, quando a pandemia praticamente paralisou a produção de carros no continente.

Na época, a medida foi tomada após Fiat, Ferrari, Lamborghini, Seat (ambas do grupo VW), Renault e PSA (que produz Peugeot, Citroen, Vauxhall, Opel e DS) anunciarem a interrupção temporária das atividades.

Em agosto, a Volkswagen propôs a redução de 35% da mão de obra no Brasil, segundo sindicalistas metalúrgicos do ABC e da Grande Curitiba.

A montadora não confirmou o número, mas disse que havia um excedente de mão de obra devido à crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

Em vídeo publicado nesta sexta, um representante da comissão interna de trabalhadores da fábrica da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo afirmou que o sindicato da categoria está pedindo a suspensão temporária das atividades como forma de evitar o contágio do coronavírus.

(Das Agências)


Notícias relevantes: