Jundiaí

Aulas virtuais contam com sistema avançado de EAD


DIVULGAÇÃO
Alunos já encontraram sistema adaptado à realidade virtual do EAD
Crédito: DIVULGAÇÃO

Os alunos retornaram às aulas da rede municipal de Campo Limpo Paulista no dia 15 de fevereiro. O que os alunos encontraram foi uma nova realidade: um sistema moderno, com aulas em tempo real, onde professor e estudante interagem, fazem atividades, tiram dúvidas. A plataforma virtual Google Sala de Aula foi implantada, em tempo recorde: 984 salas de aula virtuais atendem da creche ao 9º ano do Ensino Fundamental, ou seja, 950 professores e 12 mil alunos da rede municipal. Sistema usado pelas melhores escolas particulares do Estado.

Além do aluno, os professores contam com muitos outros recursos de interação e produtividade, realizando o trabalho de planejamento pedagógico e aulas virtuais de forma colaborativa (Google Workplace). "O virtual agora não mais separa, ele inclui, todos em uma mesma plataforma, compartilhando, aprendendo, otimizando recursos", diz Cleber Lima, gestor do projeto municipal, que conta com apoio da assistente e professora Alessandra Matos.

A equipe criou cerca de 13 mil e-mails institucionais, garantindo a chave de acesso a todo o sistema. Depois, foram montadas todas as salas e realizada a verificação do sistema. Foram produzidos 30 vídeos tutoriais para tirar dúvidas de acesso e de uso da plataforma, para professores e alunos - em apenas três dias, mais de mil acessos.

Futuro

A Secretaria de Educação acredita que cerca de 10% dos alunos ainda continuarão recebendo atividades em papel - situação que terá atenção especial no retorno das aulas presenciais, ainda sem data marcada. A Secretaria de Educação já está preparada para aulas de reforço e um trabalho da equipe pedagógica para identificar os casos com maior dificuldade de aprendizado.

Todo o sistema está em fase de adaptação e adequação - equipe de Gestão de Tecnologias Educacionais atende uma média de 150 a 200 suportes por dia. Mas nenhum aluno ficará sem estudar em Campo Limpo Paulista. "Os alunos ausentes terão uma busca ativa por parte das escolas. Esse ano, a educação vai chegar onde e como é preciso", diz Vinícius Neves.

Cleber Lima diz que nada substitui a sala de aula e o professor, mas é preciso investir em capacitações porque esse mundo digital veio para ficar e agregar melhorias na educação. "São novas ferramentas que deixam as aulas melhores, mais dinâmicas e com mais sentido para os alunos, assim, serão incorporadas ao nosso dia a dia, mesmo no pós pandemia".


Notícias relevantes: