Jundiaí

Jundiaí bate triste recorde com 12 mortes registradas em 24h

Com os 220 casos registrados nas últimas 24h, o município chegou a contabiliza 30.133 pessoas infectadas desde o início da pandemia


Brasil deve participar de testes com medicamento spray contra covid-19
Crédito: Reprodução/Internet

A Prefeitura de Jundiaí informa que, nesta quarta-feira (24), doze óbitos foram contabilizados de residentes na cidade causados pelo coronavírus. Este foi o maior número de óbitos em um dia na cidade, desde o início da pandemia em 2020.

As vítimas foram uma mulher, de 52 anos, obesa, portadora de doença cardiovascular crônica e diabetes; uma mulher, de 49 anos, obesa, portadora de doença cardiovascular crônica e asma; um homem, de 44 anos, obeso e portador de doença cardiovascular crônica; um homem, de 58 anos, sem comorbidades registradas; um homem, de 75 anos, portador de doença cardiovascular crônica; uma mulher, de 62 anos, portadora de doença cardiovascular crônica e diabetes; um homem, de 48 anos, obeso e diabético; uma mulher, de 43 anos, obesa e diabética; uma mulher, de 72 anos, diabética, portadora de doença cardiovascular crônica e asma; um homem, de 82 anos, diabético, portador de doença cardiovascular e nefropatia crônicas; uma mulher, de 67 anos, portadora de doença cardiovascular crônica e diabetes e; um homem, de 78 anos, portador de doença cardiovascular crônica e diabetes.

Até o momento, a cidade registra 741 óbitos causados pela covid-19 desde o início da pandemia. Jundiaí também contabilizou 220 novos casos da doença nas últimas 24h, chegando aos 30.133 desde o início da pandemia. Destes, além dos óbitos, há 641 pessoas em tratamento contra a doença e 28.751 já recuperadas.

LEITOS

A ocupação da UTI pública de Jundiaí chega a 97%. A enfermaria pública chega a 95% de ocupação. Na rede privada, a UTI tem 94% de ocupação e a enfermaria chega a 83%.


Notícias relevantes: