Jundiaí

Igrejas recebem doações de alimentos

Para ajudar famílias que perderam sua rendas, comunidades religiosas iniciaram campanhas


                              ALEXANDRE MARTINS
Ricardo Salles montou a ação junto com os integrantes da igreja
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Para ajudar famílias que foram atingidas com a crise da covid, em especial as que perderam sua rendas, comunidades religiosas iniciaram campanhas para arrecadar alimentos.

Uma delas é a Igreja do Nazareno, com sede no Eloy Chaves, que montou uma barraca para receber e doar alimentos. Segundo explica o pastor Ricardo Salles as doações foram feitas pelos fiéis em sistema drive-thru.

"Costumamos fazer trabalho de entrega de marmitex a moradores de rua na praça em frente ao Hospital São Vicente, mas interrompemos no momento por causa da pandemia. Também fazíamos um trabalho oferecendo café da manhã para as mulheres que iam cedo, muitas vezes com crianças, ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Jundiaí. Agora estamos focando na distribuição de alimentos."

Com uma mesa em frente da igreja, o aviso 'Retire o que precisar, oferte se puder' indica a ação de arrecadação e doação que tem sido positiva.

"Pessoas até de outras cidades nos procuraram. Uma moça de Várzea Paulista ligou para nós, uma outra de Santana de Parnaíba nos procurou porque precisava dos alimentos. Arrecadamos alimento não perecível e leite porque muita família tem criança e precisa", explica.

Também na Igreja Católica há trabalho constante de arrecadação e doação de alimentos pelas Conferências Vicentinas e Pastorais Sociais. Elaine Cardoso de Sá, gerente administrativa dos Vicentinos, explica que cada igreja tem autonomia para as campanhas, mas praticamente todas têm este trabalho.

"Os padres incentivam as doações durante as missas, mas cada paróquia tem uma estratégia, seja para arrecadar pela secretaria, fazer drive-trhu ou pontos de coleta dos alimentos. Em algumas paróquias a arrecadação até aumentou neste período."

Ela lembra que assim como as doações, a necessidade aumentou. "Muitas pessoas que tinham autonomia, agora não estão podendo trabalhar. As doações não são mais apenas para quem vive em pobreza extrema, para pessoas que não podem trabalhar também."

SERVIÇO

A Igreja do Nazareno recebe alimentos na avenida Luiz José Sereno, 1041, Eloy Chaves.

Na comunidade católica, cada igreja tem sua campanha de arrecadação.

 


Notícias relevantes: