Jundiaí

Estudante de Jundiaí é aprovada em seis bolsas de estudos nos EUA

A pandemia e o sistema de ensino remoto não foram capazes de interromper os sonhos de Ana


DIVULGAÇÃO
Ana Lia Chiorlin organizou seus estudos na pandemia
Crédito: DIVULGAÇÃO

Nem mesmo a pandemia e o sistema de ensino remoto foram capazes de interromper os sonhos de Ana Lia Chiorlin Felix, de 17 anos, aluna do Colégio Divino Salvador. A jovem conquistou seis bolsas de estudos para cursar química e biologia nos Estados Unidos, além de passar em oito vestibulares nacionais públicos e privados, incluindo o curso de Medicina.

Mesmo durante a pandemia, encontrou estratégias para otimizar seus estudos em casa. "Embora esteja sendo um período difícil, acabou sendo benéfico para mim, pois não tive que gastar tempo com os meus deslocamentos. Me programei para otimizar mais o momento de estudos. Estive presente em todas as aulas, realizei praticamente todos os exercícios das apostilas e as propostas de redação da escola e da plataforma oferecida pelo colégio", diz.

O esforço foi compensando com a quantidade de aprovações que a estudante teve. "Minha primeira opção era cursar uma universidade nos Estados Unidos, porém, esse desejo teve que ser adiado. Atualmente, estou cursando medicina na Universidade Municipal de São Caetano do Sul, algo que eu não imaginava e que descobri o gosto pela área", revela.

Os professores e a família foram fundamentais no sucesso da jovem e por isso dá algumas dicas para quem sonha como ela. "Não esperava que fossem tantas aprovações, mas me preparei muito para isso. Inclui na minha rotina um tempo para espairecer. A dica principal é organização e foco nos objetivos, unindo momentos de estudo e de lazer. Além disso, os alunos devem estar bem informados sobre os processos seletivos e exigências de cada um."

Para a futura médica, todos devem estar cientes de suas dificuldades, tentando superá-las, mas sempre como foco em alcançar seus objetivos. "A melhor sensação possível perceber que todo o esforço foi recompensado", completa.

(Mariana Checoni)

 


Notícias relevantes: