Jundiaí

Nove óbitos são contabilizados em decorrência da covid-19 hoje (26) em Jundiaí

A ocupação dos hospitais de Jundiaí também segue preocupante, com 95% de todos os leitos disponíveis para o tratamento da doença, nas redes pública e privada, ocupados


Rovena Rosa/Agência Brasil
Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera.
Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

A Prefeitura de Jundiaí informa que, nesta sexta-feira (26), nove óbitos foram contabilizados de residentes na cidade causados pelo coronavírus. As vítimas foram uma mulher, de 69 anos, portadora de doença cardiovascular crônica e diabetes; uma mulher, de 43 anos, obesa e portadora de doença cardiovascular crônica; um homem, de 66 anos, tabagista e portador de doença cardiovascular crônica; um homem, de 81 anos, obeso e portador de doença cardiovascular crônica; um homem, de 82 anos, sem comorbidades registradas; uma mulher, de 77 anos, portadora de diabetes, doença cardiovascular e nefropatia crônicas; uma mulher, de 72 anos, portadora de doença cardiovascular crônica e diabetes; uma mulher, de 71 anos, portadora de doença cardiovascular e pneumopatia crônicas e; uma mulher, de 76 anos, sem comorbidades registradas. Até o momento, a cidade registra 755 óbitos causados pela covid-19 desde o início da pandemia.

Também foram registrados 205 novos casos da doença no município. Assim, são 30.434 registros de pessoas infectadas em Jundiaí desde o início da pandemia. Deste número, além dos mortos, há 28.964 pessoas curadas da doença e outras 715 casos ativos, que ainda tratam a covid-19.

LEITOS

Na rede pública de saúde de Jundiaí, dos 103 leitos de UTI disponíveis para tratar a covid-19, 99 estão ocupados, representando 96%. Na enfermaria pública, há 143 leitos para a doença e 132 desles estão em uso, 92%.

Na rede privada de Jundiaí, há 139 leitos gerais de UTI e 132 deles estão ocupados, 95%. Na enfermaria particular, há 344 leitos gerais de enfermaria e atualmente 329 estão em uso, 96%.

De todos os leitos em Jundiaí disponíveis para o tratamento da doença, nas redes pública e privada, 94,9% estão ocupados.


Notícias relevantes: