Jundiaí

Jundiaí limita ocupação a 20% nos supermercados e instala blitze sanitárias em suas entradas

As medidas, a partir de Decreto Municipal, passam a valer já nesta sexta (26)


JORNAL DE JUNDIAI
Em Jundiaí, as barreiras sanitárias continuam para orientar a população
Crédito: JORNAL DE JUNDIAI

O prefeito Luiz Fernando Machado anunciou nesta sexta-feira (26), em transmissão ao vivo pela internet, mais reforços nas medidas sanitárias para o combate à transmissão do coronavírus, entre elas a obrigatoriedade de 20% de ocupação nos supermercados e a presença de blitze sanitárias em entradas e saídas de Jundiaí. As medidas, a partir de Decreto Municipal, passam a valer já nesta sexta (26).

Luiz Fernando esteve acompanhado do gestor de Saúde, Tiago Texera, e da gestora de Segurança Municipal, Carla Basson. “Não param de entrar novos pacientes nos hospitais públicos e privados. O sistema vai saturando porque o número de pessoas é maior que o de leitos”, explicou o chefe do Executivo.

Além de ocupação máxima de 20%, os supermercados terão de limitar a entrada de uma única pessoa por família e não poderão vender produtos que não sejam essenciais. “Todos esses espaços serão monitorados por nós. Não se trata de punição, mas de proteção ao cidadão”, pontuou Luiz Fernando.

As blitze sanitárias nas entradas e saídas da cidade serão feitas por uma fiscalização integrada composta por Guarda Municipal, Polícia Militar e Fiscalização de Trânsito. Segundo a gestora Carla Basson, a orientação será dada para pessoas que chegam de outras cidades, como da capital, que terá dias de feriados antecipados. “Estamos em guerra, e nosso inimigo é um vírus”, declarou a gestora.

Outras medidas

A cidade também passa a adotar a proibição da venda de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais, inclusive delivery, no período da meia-noite deste sábado (27) até as 6h da segunda-feira (29); a restrição de funcionamento do transporte público aos sábados e domingos; a restrição de circulação de pessoas e veículos em vias públicas do município, a partir das 20h até às 5h do dia seguinte; e blitze para coibir os chamados “pancadões”, festas a céu aberto organizadas em bairros.


Notícias relevantes: