Jundiaí

No AUJ, 18 pacientes esperam vaga em leitos de UTI covid

Jundiaí dispõe de 272 leitos públicos exclusivos e não há fila de espera


Divulgação
Jundiaí não registra fila de espera, pois ocupação nunca chegou a 100%
Crédito: Divulgação

As sete cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí possuem uma fila de espera com 18 pacientes para leitos de UTI covid.

Em Jundiaí, segundo a Unidade de Promoção de Saúde, não há fila de espera para leitos na UTI ou enfermaria. O município dispõe de 272 leitos públicos exclusivos, sendo 103 em UTI e 169 em enfermaria, ofertados no Hospital São Vicente de Paulo, no PA Central e na UPA Vetor Oeste. (veja taxa de ocupação ao lado)

PELA REGIÃO

Em Campo Limpo Paulista não há fila de espera para leitos de UTI. São 10 leitos e nove pessoas internadas, sendo seis intubados. Deste número, sete são residentes da cidade e duas de Jarinu. Uma taxa de ocupação de 90%.

Na enfermaria há 50 leitos exclusivos para covid, com 39 ocupados, gerando uma taxa de ocupação de 78%.

Várzea Paulista possui 13 pacientes em fila de espera. Todos estão inseridos no CROSS aguardando vaga. O hospital municipal de Várzea Paulista não possui leitos de UTI. Nesta terça-feira (30), havia 25 pacientes internados nos leitos covid-19, sendo dois intubados e 23 na clínica do covid-19.

Em Cabreúva, 10 pacientes aguardam transferências para leitos, sendo que dois são para UTI. A Santa Casa está com sete pacientes internados. Desses, dois aguardam vagas de transferência para UTI, sendo que um está intubado. Os outros cinco pacientes não estão mais na fila de transferência e continuam em tratamento na própria Santa Casa, pois apresentaram melhora.

A UPA, que tem 13 leitos exclusivos para covid, está com oito pacientes internados, todos esperando vagas de transferência para leitos de enfermaria em hospitais da região.

Já o Centro de Retaguarda possui 12 leitos e conta com dois pacientes internados, estáveis, sem necessidade de serem transferidos para hospitais de fora.

EM Jarinu, três pacientes aguardam transferência para leitos enfermaria covid-19 em cidades referência da região. A cidade não conta com leitos exclusivos para covid-19, apenas clínicos, não sendo possível considerar a taxa de ocupação como em cidades que dispõem de alas exclusivas.

Louveira não registra fila de espera nos leitos de UTI. A Secretaria de Saúde inaugurou, nesta segunda-feira (29), uma nova ala com oito leitos de enfermaria dentro do Hospital de Campanha. Com isso, o número de leitos para internação de casos menos graves da doença foi ampliado de 16 para 24 pacientes. O município tem também outros 17 leitos de atendimento de UTI, para os casos mais graves. Todos estão ocupados. Ao todo, 44 pessoas estão internadas.

Em Itupeva não há fila de espera, mas 100% de ocupação nos 21 leitos de UTI e Enfermaria.

(Mariana Checoni)

 


Notícias relevantes: