Jundiaí

Estão abertas as inscrições para o concurso que vai eleger a melhor coxinha de queijo de Jundiaí

A coxinha de queijo é patrimônio imaterial de Jundiaí e está presente nos cardápios de lanchonetes, restaurantes, padarias e bares há mais de 40 anos


Divulgação
Concurso de Coxinha
Crédito: Divulgação

Qual a melhor coxinha de queijo de Jundiaí? Essa é a resposta que o concurso “Festival: A Melhor Coxinha de Queijo de Jundiaí – Edição 2021” vai responder. A votação que deixa as pessoas com água na boca está com inscrições abertas até 1º de maio e é organizado pelo Departamento de Fomento ao Turismo da Unidade de Gestão de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT), em parceria com o Departamento de Patrimônio Histórico da Unidade de Gestão de Cultura (UGC).

A coxinha de queijo é patrimônio imaterial de Jundiaí e está presente nos cardápios de lanchonetes, restaurantes, padarias e bares há mais de 40 anos. “É uma tradição tão presente na cidade que o festival é mais uma maneira de homenagear a coxinha de queijo”, comenta a diretora do Departamento de Fomento ao Turismo, Marcela Moro.

Na edição 2020, oito empresas se inscreveram. “O concurso já é bem conhecido e acreditamos que neste ano o número de inscrições pode aumentar. O festival é uma maneira de também ajudarmos a divulgar os estabelecimentos participantes, que estão sentindo os efeitos da pandemia”, afirma Marcela.

A divulgação do título de melhor coxinha de queijo de Jundiaí ajudou a impulsionar as vendas da Lambuza Bistrô, vencedora da última edição do concurso. “Muitas pessoas chegam perguntando da melhor coxinha de Jundiaí. Ganhar o concurso nos ajudou a aumentar a nossa divulgação, mesmo em meio à essa pandemia. É uma honra defender o título da melhor coxinha de queijo da cidade, o que também nos traz muita responsabilidade para sempre mantermos a qualidade desse patrimônio”, conta o sócio-proprietário do estabelecimento, Alisson Batistella Bedin, que ainda afirma que neste ano vai se inscrever para defender o título novamente.

O corpo de jurados será formado por cinco chefs renomados, escolhidos pelo Departamento de Fomento ao Turismo. Além disso, haverá a votação popular realizada por ferramentas digitais.

Podem se inscrever no concurso estabelecimentos como bares, restaurantes, padarias, lanchonetes, food trucks, casas de massas, rotisserias, entre outros, desde que a coxinha de queijo seja produzida e comercializada por pessoas jurídicas constituídas. “Vale lembrar que a coxinha de queijo tem que estar no cardápio permanente”, lembra Marcela. O edital pode ser acessado no site da Rota Turística do Centro Histórico.


Notícias relevantes: