Jundiaí

Jundiaí inicia campanha para diminuir acidentes de trânsito

Vias de grande circulação receberam, nas últimas semanas, 100 faixas com mensagens aos motoristas


ALEXANDRE MARTINS
Em janeiro e fevereiro de 2021 foram registrados 346 acidentes
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte, deu início a uma campanha para aumentar a conscientização dos motoristas que circulam pelas ruas e avenidas da cidade. O objetivo, como explica o gestor de Mobilidade e Transporte, Aloysio Queiroz, é diminuir o número de acidentes com vítimas e os óbitos. “Sabemos que, infelizmente, muitas vidas são perdidas, e muitas pessoas acabam ficando com sequelas graves por causa dos acidentes”, explica.

Vias de grande circulação receberam, nas últimas semanas, 100 faixas de grande proporção com mensagens direcionadas aos motoristas. Ao todo, são oito abordagens diferentes contidas nas faixas: respeitar o semáforo, o limite de velocidade, o ciclista, usar a seta, o capacete, a faixa de pedestre e não utilizar o celular enquanto dirige e escapamento barulhento. “As faixas têm mensagens importantes, escolhidas com critério, e foram colocadas em pontos estratégicos, com grande movimento de veículos e pessoas”, declara Aloysio.

A Prefeitura também prepara uma campanha nas redes sociais, com vídeos e postagens de alerta para a importância de respeitar as leis de trânsito e evitar imprudências. De acordo com dados do sistema Infosiga do Governo do Estado de São Paulo, em janeiro e fevereiro de 2021 foram registrados 346 acidentes em vias municipais e em rodovias que cortam a cidade, com 15 óbitos (os dados de março ainda não foram disponibilizados). No mesmo período de 2020, foram registrados 328 acidentes não fatais, sendo 146 em janeiro e 182 em fevereiro. Em todo o ano passado, foram 2.093 acidentes com vítimas não fatais e 60 com vítimas fatais.

Nesta linha de atuação educativa, a partir do próximo dia 14, motoristas que cometerem infrações em locais com presença de fiscalização eletrônica passarão a receber “multas educativas”, ainda sem oneração. “Nessa fase, os radares instalados no município irão registrar as infrações dos motoristas, mas ainda não vão multar. Esses equipamentos farão a fiscalização de excesso de velocidade, conversão proibida, avanço de semáforo e proibição de trânsito de veículos pesados”, informa o diretor de Trânsito, Renan de Oliveira Corte Brilho.

Após essa etapa, os onze radares instalados serão aferidos pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), para assegurar o seu regular funcionamento, conforme prevê as especificações técnicas. Todos os locais serão sinalizados, de acordo com a legislação brasileira de trânsito, com o objetivo de alertar e orientar o motorista. Um mapa com os pontos de radares no município está disponível na página inicial do Portal da Prefeitura de Jundiaí.da 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: