Jundiaí

Vacinação covid-19: Profissionais de educação devem ser imunizados na cidade em que atuam

A vacinação contra a covid-19 para profissionais de educação tem início na próxima semana. A abertura do agendamento será nesta sexta-feira (9), às 15 horas


Divulgação
Vacinação
Crédito: Divulgação

A vacinação contra a covid-19 para profissionais de educação tem início na próxima semana. A abertura do agendamento será nesta sexta-feira (9), às 15 horas. É importante salientar que o profissional de educação deverá ser vacinado na cidade em que atua.

“Conforme definido pelo Governo do Estado, cada município será responsável pela imunização de seus trabalhadores, ou seja, em Jundiaí serão vacinados os profissionais de Educação que trabalhem aqui no município. Se ele reside aqui, mas trabalha em outra cidade, será imunizado no município que ele trabalha”, explica a gestora da Unidade de Gestão de Educação, Vastí Ferrari Marques.

Após fazer o cadastro no VacinaJá Educação, os profissionais que atuam em Jundiaí, seja na rede municipal, estadual, federal ou privada de ensino, devem fazer o agendamento pelo APP Jundiaí e site da Prefeitura de Jundiaí, a partir das 15 horas, de sexta-feira (9).

No dia da vacinação, o profissional deverá apresentar os documentos: comprovante com QR Code emitido pelo Governo do Estado, RG e CPF e comprovante de vínculo empregatício que atua em Jundiaí.

“É importante lembrar que o agendamento deve ser realizado somente pelos profissionais que atendem aos critérios determinados pelo Estado: idade acima de 47 anos, estar na ativa e que atuem no Educação Infantil I e II, Ensino Fundamental I e II e Médio, em funções como diretores, secretários, auxiliares de serviços gerais, merendeiras, monitores, cuidadores e faxineiras”, salienta Vastí.

A lista completa de funções pode ser acessada no link ou no FAQ do Governo do Estado que traz as respostas de dúvidas frequentes sobre o tema.

A vacinação dos profissionais de educação será realizada na próxima semana. Na segunda (12) e terça-feira (13) serão 1.100 doses por dia no CECE Francisco Dal Santo (Vila Rami) e na quarta-feira (13), 1.080 doses no CECE Aramis Polli (Vila Hortolândia), das 8h30 às 17 horas.


Notícias relevantes: