Jundiaí

Em Jundiaí, terapia pulmonar é tema de treinamento para profissionais da Saúde

Treinamento foca em melhor atendimento aos pacientes com sequelas pulmonares provocadas pela covid-19


Divulgação
Por semana, são realizados 300 atendimentos pelas equipes NASF
Crédito: Divulgação

Para recuperar a capacidade pulmonar das pessoas que passaram pela covid-19, o atendimento oferecido pelo Ambulatório Pós-Covid avalia e encaminha pacientes para os serviços conforme a característica de cada caso.

Para o cuidado específico, os profissionais que fazem parte do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), passaram por treinamento para atualização das técnicas de Reabilitação Pulmonar com foco na Atenção Básica. Por semana, são realizados 300 atendimentos pelas equipes NASF específicos para a recuperação física e pulmonar.

A última etapa do treinamento está prevista para ser realizada nesta semana, no espaço do Centro de Convivência, Cultura, Trabalho e Geração de Renda (Cecco) de Jundiaí.

De acordo com a coordenadora do NASF de Jundiaí, Pâmela Mango, a equipe multidisciplinar – composta por psiquiatras, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, assistentes sociais, educadores físicos e terapeutas ocupacionais -, percebe que as necessidades dos pacientes atendidos pelas equipes têm mudado. “Dentre os vários órgãos comprometidos pela infecção causada pela covid–19, os pulmões são os mais afetados. Neste cenário, a atualização dos profissionais sobre o tema, principalmente os profissionais de fisioterapia e educação física, se tornou essencial. Estes profissionais receberam treinamento para melhor atender aos pacientes com sequelas pulmonares provocadas pela infecção de covid-19″, explica.

O treinamento é realizado em duas etapas e feito por técnicos de fisioterapia intensiva do Programa Melhor em Casa. “Jundiaí, a partir da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) conta com 7 equipes NASF-AB para a cobertura total do território. Desta forma, os pacientes, após passarem pelo atendimento especializado, terão a continuidade do cuidado e das atividades de recuperação próximo de suas casas”, detalha.

 


Notícias relevantes: