Jundiaí

Fase de Transição reabre igrejas e restaurantes

A nova fase do Plano SP, entre Vermelha e Laranja, permite o funcionamento de não essenciais como shoppings, comércios de rua, cinemas, igrejas e restaurantes


ARQUIVO JJ
AMARILDO
Crédito: ARQUIVO JJ

Com a mudança para a Fase de Transição, nova etapa do Plano SP anunciada pelo governo do Estado permitindo o funcionamento, com restrições, de estabelecimentos não essenciais como shoppings, comércios de rua, cinemas, igrejas e restaurantes, os comerciantes e representantes das classes envolvidas de Jundiaí esperam ter um fôlego na retomada da atividades.

Algumas atividades já podem funcionar neste domingo (18), como comércio e igrejas, e outros a partir do dia 24, mas com restrição de público. Esta fase vai até dia 30 da abril. (veja ao lado as mudanças)

O proprietário da Cantina e Pizzaria Verace, Geraldo Gilberto Silva, ficou satisfeito com a notícia, mas lamenta que muitos restaurantes não conseguirão reabrir. "Ano passado, todos os estabelecimentos de alimentação que conseguiram se manter esperavam que este ano fosse melhor, o que não aconteceu, infelizmente. A situação está realmente crítica. Só que todo mundo que tentou se segurar achando que o cenário melhoraria, agora está fechando."

A abertura fará com que a gente tenha fôlego até que possamos abrir definitivamente, mas estão todos no limite. É uma esperança novamente para quem gosta do que faz. Mantemos todos os protocolos, mas entendo que os restaurantes não são os responsáveis pelo agravamento da pandemia", diz Geraldo sobre a situação em que os restaurantes funcionam no 'abre e fecha' desde o início da pandemia.

O cabeleireiro e proprietário de um salão de beleza, Amarildo Garcia, fica mais tranquilo com a mudança. "Estávamos ansiosos porque nosso serviço é considerado não essencial, embora eu ache que todo serviço é essencial. Se a gente não pode trabalhar, todo mundo fica com medo, espero que possamos voltar logo."

O profissional acredita que os protocolos são realmente necessários e devem ser respeitados por todos. "Tem que ter distanciamento mesmo. Atendemos com hora marcada para não ter aglomeração e todos devem ter consciência do que é determinado e tem que respeitar para não piorar a situação", diz ele sobre a rotina no salão.

RELIGIÃO

Como as igrejas e assembleias estão autorizadas a receber os fiéis a partir deste domingo, os religiosos se dizem esperanços, mas não abrem mão da cautela. O pastor e presidente do Conselho de Pastores de Jundiaí (Conpas), Ademir Guido Junior, conta que esta permissão estadual foi muito aguardada.

"As igrejas já estavam aguardando, mas nem todas vão ter culto já no domingo. Com a liberação do estado, as igrejas trabalham com mais tranquilidade e aconselho que tenham o cuidado para que os cultos possam acontecer com segurança."

Segundo a Diocese de Jundiaí, as missas presenciais serão retomadas neste domingo, mas com restrição de público. "Estamos abrindo apenas para as missas e celebrações do sacramento, guardado todo o cuidado com os protocolos. Por enquanto, todas as demais atividades, grupos de oração, reuniões de pastorais, catequeses, tudo será feito on-line", diz o padre e coordenador diocesano da Ação Evangelizadora da Diocese de Jundiaí, Leandro Megeto.

EDUCAÇÃO

A Unidade de Gestão de Educação informa que, na segunda-feira (19), serão retomadas as atividades presenciais para os estudantes do programa "Estudo é Tudo". O programa tem como objetivo sanar as dificuldades de aprendizagem na alfabetização de estudantes dos 3º ao 5º anos, com aproximadamente 1.100 estudantes. Serão seguidos os protocolos de segurança sanitária vigentes como uso de máscara, distanciamento e uso do álcool em gel.

Os demais alunos da rede municipal seguem, neste primeiro momento, em sistema remoto. Serão realizadas análises semanais, observando o cenário e mantendo as orientações do CEC.

ÍNDICES

Esta fase está sendo encarada por muitos como uma tentativa de retomada da economia, mas a situação da pandemia ainda é crítica e, pelos critérios do próprio Plano SP, algumas regiões do estado poderiam ir para a Fase Laranja e outras poderiam continuar na Vermelha.

O decreto completo pode ser conferido no site da prefeitura, o www.jundiai.sp.gov.br

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: