Jundiaí

Jundiaí supera 100 mil doses de vacinas contra covid-19 aplicadas

Nesta semana, a vacinação segue para os grupos 69+ (D2), além da D1 para os grupos 64+ e 65+ todos com agendamento realizado via APP Jundiaí ou portal da Prefeitura de Jundiaí


Divulgação
Vacinação
Crédito: Divulgação

Jundiaí superou a marca de 100 mil doses de vacinas contra a covid-19 aplicadas na cidade. Até o balanço divulgado na tarde desta segunda-feira (26), 100.163 doses foram aplicadas, sendo 63.334 em primeira (D1) e 36.829 em segunda (D2) doses. Nesta semana, a vacinação segue para os grupos 69+ (D2), além da D1 para os grupos 64+ e 65+, todos com agendamento realizado via APP Jundiaí ou portal da Prefeitura de Jundiaí. As pessoas acamadas ou com mobilidade reduzida têm as doses agendadas via Central de Agendamento de Consultas (CAC) ou equipe da Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência e atendimento realizado na residência.

A vacinação é o meio mais eficaz de combate ao Novo Coronavírus e teve início em Jundiaí no dia 21 de janeiro, com aplicação nos profissionais de Saúde que atuam em linha de frente contra a pandemia como primeiro grupo a ser vacinado. Os demais grupos foram acrescentados conforme o Plano Estadual de Imunização (PEI), da Secretaria de Estado da Saúde (SES), que é o responsável pela distribuição das doses dos imunizantes recebidas do Ministério da Saúde (MS) aos municípios.

Profissional da Saúde da UBS Corrupira Marili Santos, recebeu a aplicação das duas doses indicadas pelos fabricantes dos imunizantes que estão sendo disponibilizados no Brasil. Ela, que tomou a AstraZeneca, foi a única da família que não foi contaminada pela covid-19 na família. “Graças à vacina, não fui infectada, mesmo cuidando dos meus familiares. Alguns chegaram a ficar internados, como marido, irmãs e primos. A minha mãe, de 86 anos, que tomou a primeira dose e teve contato com familiares infectados, apresentou um leve resfriado”, conta.

“Por enquanto, ainda não há uma medicação específica para o tratamento da covid-19 disponível no SUS. Jundiaí conseguiu reduzir os números de casos graças às medidas adotadas, ao apoio da população e à vacinação, que está avançando – ainda que lentamente em decorrência da entrega das doses feita de maneira parcelada -. A cidade tem buscado alternativas para ampliar a oferta de doses, mas enquanto não há retorno por parte dos laboratórios, é essencial que as medidas de prevenção sanitárias sejam mantidas para que os avanços no combate conseguidos, sejam sustentados”, explica o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) Tiago Texera.

 


Notícias relevantes: